É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

29 de jun de 2011

Novo de novo

29/06/2011
11+6+4=
11+1


Para hoje temos um número mestre reforçando um novo começo...
Ultrapassando o limite do início...
Brindemos ao nosso bebê...rsrs
Que tem uma força enorme para se tornar forte, mais forte que antes...
Um início mais real e que nos trará mais criatividade, mais manifestação, mais realização...
Que o processo continue se desenrolando e surpreendendo a nós sempre com mais e mais bençãos...

28 de jun de 2011

28/06/2011
1+6+4=
11


Sozinha posso fazer muitas coisas, mas junto posso fazer muito mais... Unir subistituindo o competir...
Hoje aprendo mais a respeito do relacionamento... aprendo a força da união... porém, esta união não exige que eu me perca no outro... eu me encontro com o outro... eu me encontro comigo... estou em Deus!

27 de jun de 2011

Independência...

27/06/2011
9+6+4=
19=
1



Ser independente... o que será isso?
Independência é a desassociação de um ser em relação a outro, do qual dependia ou era por ele dominado. É o estado de quem ou do que tem liberdade ou autonomia. (wikipedia)
Ser independente não significa que não precisamos de ninguém...
O convívio ou relacionamento é diferente de dependência...
Para hoje eu quero aprender a me relacionar começando comigo mesmo, com Deus e com as pessoas que me cercam... mas quero também aprender a ser independente...
Acredito que assim teremos relacionamentos mais verdadeiros...

26 de jun de 2011

Realização...

26/06/2011
8+6+4=
9


Como alcançar a realização?
Nos realizar não é chegar a algum lugar especifico, conseguir uma determinada coisa, enfim... nos realizar é aprender a viver cada instante de forma conectada...
Conectar alma, corpo e espirito... Me conectar a Deus...
Me conectar ao outro...
Amar esta conexão...
Ao escolher viver assim dou os primeiros passos para viver no amor universal!!!

25 de jun de 2011

Equilíbrio presente...

25/06/2011
7+6+4=
13+4=
8


Para hoje o 8 do equilíbrio...
O que equilibra cada um de nós?
Viver a vida, o externo, conectados profundamente em nossos corações (Deus unido ao que somos em essência)...
Presença, mais uma vez presença...
A presença nos deixa atentos as nossas necessidades, a nossa intuição e ao caminho que Deus traçou para cada um de nós...
Eu quero estar mais presente...

24 de jun de 2011

Manter seu centro...

24/06/2011
6+6+4=
16/7


Hoje estou mais no meu centro do que estava ontem... Por mais tempo... com maior prazer...
Isto não significa que tenha sido com facilidade em todos os momentos...
Quando estou centrada, consciente do momento presente não me traio e não traio o outro...
Trair o outro é também me trair...
Estamos unidos embora digamos e vivamos de forma a negar isso...
Hoje assumo a mim... em sombra e em luz... unida a Deus... centrada... conectada...
Amem

23 de jun de 2011

Espírito Santo...

24/06/2011
6+6+4=
12+4=
7


Hoje dia de corpus christi, dia em que celebramos a presença real e substancial de Cristo na Eucaristia...
Hoje dia 7, dia da vitória...
Vamos abrir nossos corações para que o espírito Santo nos de vida nova... transforme dentro de cada um de nós o que nos afasta da vitória...
Eu desejo profundamente a presença do espírito Santo agindo em minha vida... E
22/06/2011
4+6+4=
14/5


Buscar em nosso dia a dia a liberdade pode ser trabalhoso e prazeroso ao mesmo tempo.
Cada passo que dou fora dos limites impostos por minhas ilusões são com certeza mais livres e mais leves...
Aconte que muitas vezes estamos tão identificados com nosso ego que apenas conseguimos ver dor no processo.
Hoje me liberto da vitima e do agressor... me liberto dos papeis que me afastam de mim mesma... que me afastam do outro...
Hoje rompo com a identificação com a ilusão... caminho com mais alegria ligada a tudo que existe, mas ocupando meu lugar... exercendo o direito de existir!!!

21 de jun de 2011

Materialização...

21/06/2011
3+6+4=
13/4


Para hoje vamos vencer o medo de manifestar o que criamos no 3...
Vamos vencer o medo de sermos vitoriosos...
Vamos vencer a tendência pela facilidade dos pequenos benefícios obtidos nos papeís vítimas, agressores,.... por frutos mais consistentes e muito mais vantajosos...
Realmente abrir o canal da materialização...
Eu aceito ser abençoado por tudo o que mereço, tudo o que desejo e tudo o que Deus me encaminhar...

Criatividade...

20/06/2011
2+6+4=
3


A criatividade, a fertilidade são energias que o 3 coloca ao nosso dispor...
Lidar com esta energia pode nos colocar em contato tanto com a abundancia quanto com a desordem. Começar várias coisas ao mesmo tempo sem terminar nada é um exemplo de lidar com esta energia de forma desequilibrada...
A partir de hoje minha vida manifesta a criatividade e a fertilidade... minha vida passa a ser abençoada com maravilhosos frutos... frutos de relacionamentos verdadeiros e de uma exelente comunicação...
Interna e externamente passo a usufruir dos frutos da fertilidade e da criatividade.
Amem

19 de jun de 2011

Intuição...

19/06/2011
25+4=
29=
11


Para hoje vamos ficar atentos a um aspecto muito forte do número 11, a  intuição e coloca-la em prática. "...Intuição é a voz divina falando diretamente conosco.
- O 11 ativa a  sensibilidade e intuição nas pessoas,  muitas vezes não percebemos estas  forças interiores.
- As pessoas 11 são verdadeiras antenas sintonizadas nas energias ao seu redor. Quando elas não tem consciência da sua intensa energia psíquica, transformam-se em esponjas que absorvem todas as energias, positivas e negativas, dos ambientes onde freqüentam. Isto pode lhes causar muitos contratempos e também mal estar físico, como dores pelo corpo.
- Precisam aprender a não se envolver nos problemas dos outros, pois tem a tendência a pegar os problemas deles para si mesmo.
- O 11 tem que aprender a se beneficiar e não se deixar deprimir com suas poderosas energias."
Deixe a sua intuição falar livremente...


http://bemzen.uol.com.br/noticias/ver/2010/07/26/1227-numerologia

18 de jun de 2011

Se eu pudesse viver minha vida novamente...

18/06/2011
9+6+4=
10







Ao chegar no 10, sinto que percorri um caminho... por vezes animada, por vezes ansiosa... esperimentei tudo o que pude, da forma que eu pude. Sempre indo um pouco além... Desta forma fui descobrindo novas possibilidades. Se me perguntassem o que eu faria de diferente caso pudesse voltar atrás eu diria em alto e bom tom: Faria tudo de novo!!!
Quando peguei para ler o livro do Rubem Alves: Se eu pudesse viver minha vida novamente, imaginei encontrar uma lista de coisas que não foram feitas, coisas que seriam desfeistas... rsrs... Como me comoveu!!! Chorei!!! Mas um choro diferente... Como quando eu li A menina e o pássaro encantado pela primeira vez. É um sentimento de reencontro... Como acredito deve ser quando completamos o ciclo e voltamos ao 1... Reencontramos o que havíamos perdido dentro de nós e percebemos que cada passo é fundamental para este reencontro...


Se eu pudesse viver novamente a minha vida...
Quando o li pela primeira vez, fiquei comovido. Era uma mistura de sabedoria e tristeza. Seu título era Instantes e começava assim: "Se eu pudesse viver novamente a minha vida, na próxima trataria de cometer mais erros... Correria mais riscos, viajaria mais, contemplaria mais entardeceres.." E ia assim, parágrafo após parágrafo, listando coisas que haviam sido feitas e que não deveriam ter sido feitas, e coisas que não haviam sido feitas e que deveriam ter sido feitas. Até o final melancólico: "Mas, já viram, tenho oitenta e cinco anos, e sei que estou morrendo..." O texto era uma advertência aos mais moços: só temos o momento. Não percam o agora.

Estou a ponto de "desfazer" 70 anos, muito embora os distraídos insistam em usar o verbo "fazer". O fato é que a celebração de mais um ano de vida é a celebração de um desfazer, um tempo que deixou de ser, não mais existe. Fósforo que foi riscado. Nunca mais acenderá. Daí a profunda sabedoria do ritual de soprar as velas em festas de aniversário. Se uma vela acesa é símbolo de vida, uma vez apagada ela se torna símbolo de morte. O que não entendo é a razão pela qual os participantes, diante das velas apagadas, se ponham a bater palmas e a rir, quando o certo seria que chorassem. Eu prefiro um ritual mais alegre: acender uma vela bem grande, como um bruxedo de invocação dos anos ainda não nascidos cujo número não sei!

Os números redondos, creio que por razões estéticas, são mais poderosos que os números quebrados. Ninguém acharia nada de extraordinário com o número 7.073.565 da sua carteira de identidade. Mas se o número for 5.000.000 isso será razão para as mais fantásticas conjecturas. Assim, ao ensejo do número redondo "70", pensei em fazer um documento parecido com o Instantes, confessando erros e dando conselhos aos mais jovens. Mas desisti. E isso porque "se eu pudesse viver de novo a minha vida", eu quereria vivê-la do jeito mesmo como a vivi, com seus desenganos, fracassos e equívocos.

Doidice? Imaginem que eu estivesse infeliz. Eu teria então todas as razões para voltar atrás e tentar consertar os lugares onde errei. Mas eu não estou infeliz. Vivo um crepúsculo bonito, com a suíte n. 1 de Bach, para violoncelo. Se houve sofrimentos no caminho, imagino que, se não os tivesse tido, talvez a suíte n. 1 de Bach não estivesse sendo ouvida. Estou onde estou pelos caminhos e descaminhos que percorri.

Faz muitos anos, nos tempos em que eu era ainda professor da Unicamp, um aluno que eu não conhecia telefonou-me dizendo que precisava falar comigo. Marcamos um encontro na minha casa. Ele chegou, abriu um caderno, e começou a fazer-me perguntas. A primeira pergunta - que abortou todas as outras - foi a seguinte: "Como é que o senhor planejou a sua vida para que chegasse aonde chegou?" Percebi logo. Ele me admirava. Queria ser como eu. Queria que eu lhe contasse o segredo. Que lhe revelasse o caminho. Mas minha resposta pôs a perder as suas expectativas. Foi isso que eu lhe disse: "Eu estou onde estou porque todos os meus planos deram errado." Isso é absolutamente verdadeiro.

As pontes que eu construía para chegar aonde eu queria ruíam uma após a outra. Eu era então obrigado a procurar caminhos não pensados. E aconteceu por vezes que nem mesmo segui, por vontade própria, os caminhos alternativos à minha frente. Escorreguei. A vida me empurrou. Fui literalmente obrigado a fazer o que não queria.

Por exemplo: meu pai, homem muito rico, foi à falência. Ficou pobre. Teve de mudar de cidade para começar vida nova. Se isso não tivesse acontecido, é provável que hoje eu fosse um rico fazendeiro guiando uma F 1000 e contabilizando cabeças de gado. Quando me mudei para o Rio de Janeiro, aos doze anos de idade, menino do interior de Minas com um sotaque caipira, fui objeto de zombarias e chacotas. Nunca me senti tão sozinho. Nunca fui convidado a ir à casa de um colega e nunca tive coragem para convidar um colega para ir à minha casa. Sofri a dor da solidão e da rejeição.

Mas foi esse espaço de solidão na minha alma que me fez pensar coisas que doutra forma eu não teria pensado. Lutei muito para ser pianista. Trabalhei duro, horas e horas por dia. Se tivesse dado certo, eu seria hoje um pianista medíocre. Pianista bom não precisa fazer força. É dom de Deus, como é o caso do Nelson Freire. A diferença entre nós é que, enquanto eu tentava colocar dentro de mim um piano que estava fora, o problema do Nelson era colocar para fora um piano que morava dentro dele desde o nascimento. Para mim, o piano nunca passaria de uma prótese. Mas, para o Nelson, o piano é uma expansão do seu corpo. Foi preciso que eu fracassasse como pianista para que o escritor que morava dentro de mim aparecesse.

Assim, comecei a fazer música com palavras, acho que com a mesma facilidade com que o Nelson toca piano. Fui pastor protestante e é provável que, se tudo tivesse acontecido nos conformes, eu hoje fosse um clérigo velho. Mas veio o golpe militar, fui acusado de subversivo pelas zelosas e bondosas autoridades da Igreja... Tive de me mudar para os Estados Unidos com a minha família - o que foi ótimo para todos nós. Fiz meu doutoramento, fiz amigos novos, viajei, conheci lugares, acampei, tive tempo para ler e pensar.

Cheguei onde estou por caminhos que não planejei. É um lugar feliz com o qual nunca sonhei. Nunca me passou pela idéia que eu viria a ser escritor. E, em especial, que escreveria estórias para crianças - e que as crianças as amariam (e me amariam por causa delas...). Tanto assim que não me preparei para o ofício. Sou ruim em gramática, erro a acentuação. E há mesmo uma pessoa que se dedicava a escrever-me longas cartas para corrigir meu português. Parou de escrever. Acho que desistiu. Como é bem sabido, eu, um mau aluno, especialmente quando o professor quer ensinar-me coisas que não quero aprender. Pena que o dito professor, voluntário, nunca tivesse feito comentário algum sobre o que eu escrevia. Concordo mesmo é com o Patativa do Assaré: "É melhor escrever errado a coisa certa do que escrever certo a coisa errada..."

Plantei árvores, tive filhos, escrevi livros, tenho muitos amigos e, sobretudo, gosto de brincar.. Que mais posso desejar? Se eu pudesse viver novamente a minha vida, eu a viveria como a vivi porque estou feliz onde estou.

O texto veio daqui!!!!

17 de jun de 2011

Eu te recebo de braços abertos...

17/06/2011
8+6+4=
14+4=
9


Aprender a receber...
Deixar as bençãos, a alegria, a felicidade, o sucesso, o amor... chegar em nossas vidas...
Eu quero deixar pra trás os obstáculos que crio para  receber...
Eu quero aprender a receber e a curtir o que recebo...
Eu quero poder estar centrada em mim a ponto de conseguir ficar feliz com o que estou recebendo e não ficar medindo  o que ganho pelo que os outros estão recebendo e pelo que já tem...
Cada um recebe o que é importante para aquele momento...
Agradeço por tudo que tenho, por tudo o que recebi neste ciclo que se encerra hoje...
E por tudo que Deus preparou para mim...
Te recebo de braços abertos....

16 de jun de 2011

Infinito...

16/06/2011
7+6+4=
17
8


O número infinito, ou número do infinito...
Número das possibilidades infinitas...
A sincronicidade...
Hoje quero alargar minha visão...
Quero relaxar, soltar para que essas oportunidades se apresentem a minha frente...
Quero que Deus me leve...
Para onde não sei? Só sei que escolho a felicidade, a realização pessoal em todos os níveis, a verdade, o amor, o sucesso, a paz, enfim escolho por estar e ter Deus na minha vida...
Que a sincronicidade se apresente na minha vida e que eu consiga percebe-la e seguí-la...

15 de jun de 2011

Recriar...

15/06/2011
6+6+4=
16/7


Cocriamos com o divino....
O material e o espiritual se unem em meu ser neste instante...
Me recrio por meio da união do céu e da terra em mim...
Renascer a cada dia, eis a meta... aprendendo a ser mais divina, mais humana ao mesmo tempo...
Aprendendo a ocupar o meu lugar sem atropelar os que me cercam, considerando o outro...
Este caminho me conduz ao respeito... respeitando a mim eu respeito o outro...
Deixo meu orgulho...
Ao me conectar a Deus deixo de ver as pessoas separadas de mim... aprendo a me relacionar mais verdadeiramente...
Através deste novo lugar dentro de mim posso me realizar sem egoismos...
Passo a sentir e a viver o espiritual ao aceitar a minha humana vulnerabilidade...
Me uno a Deus e descubro maravilhada, que ao deixar que esta união se materialize, me uno a tudo o que existe!!!

14 de jun de 2011

Manifestando a unidade...

14/06/2011
5+6+4=
11+4


Estamos aprendendo um novo modo de ver a vida...
Neste novo modo, conceitos arraigados de bem ou mal, certo ou errado, deixam de ser a respostas aos muitos questionamentos que aparecem em nosso dia a dia.
O 11 facilita esta mudança de perspectiva e o 4 permite que a manifestemos, a consolidemos no que chamamos realidade...
Nossa realidade passa a ter mais possibilidades, deixamos de nos limitar sempre tendo que estar de um lado ou de outro... Aparece a possibilidade do isto e aquilo, e não somente a do isto ou aquilo...
Hoje sinto que posso ter tudo o que desejo, posso ser tudo o que quiser!!! Sem ter que optar por uma coisa ou outra... posso ter tudo o que estiver alinhado a minha alma... posso realizar qualquer coisa... Basta me conectar... Basta estar em Deus...

13 de jun de 2011

Libertação...

13/06/2011
4+6+4=
14/5



Hoje eu me liberto (5) de querer ficar agradando as pessoas como forma de não me assumir... como forma de não mudar...
Escolho a liberdade da responsabilidade...
Escolho me libertar das culpas, do medo e do controle, hoje me abro para perceber Deus agindo e atuando em minha vida...
Escolho por deixar Deus atuar na minha vida.... assim como seus anjos...
Escolho por transformar minha cegueira...
Escolho por transformar meus preconceitos...
Escolho por transformar meus dramas, a ilusão...
Escolho pela realidade...

12 de jun de 2011

Namorar...

12/06/2011
3+6+4=
13/4


Hoje, dia nos namorados, deixando de lado os apelos capitalistas que visam o consumo, vamos adentrar no tema...
Dia dos namorados...
O quanto estamos enamorados por nós, por nossa manifestação, pela vida?
Quando perdemos o encantamento... seja por medo, por magoa ou o que quer que seja, perdemos a oportunidade de nos realizar na vida...
Ao nos enamorarmos pelo outro antes de nos enamorarmos por tudo o que nos diz respeito estamos sujeitos a espelhar no relacionamento a nossa própria falta de encantamento pela vida... Corremos o risco de nos envenenar mutuamente.
Hoje passo a olhar o que me cerca de forma apaixonada... passo a olhar a vida colorida e cheia de oportunidades... Aceito o amor e me expando... nesse expandir acontece o encontro com outro... um encontro para compartilhar...
Aceito a vulneralibilidade de ser humana... vejo a mudança não como morte, mas como transformação..
No amor sou divinamente humana!!!

Namorar...

12/06/2011
3+6+4=
13/4


Hoje, dia nos namorados, deixando de lado os apelos capitalistas que visam o consumo, vamos adentrar no tema...
Dia dos namorados...
O quanto estamos enamorados por nós, por nossa manifestação, pela vida?
Quando perdemos o encantamento... seja por medo, por magoa ou o que quer que seja, perdemos a oportunidade de nos realizar na vida...
Ao nos enamorarmos pelo outro antes de nos enamorarmos por tudo o que nos diz respeito estamos sujeitos a espelhar no relacionamento a nossa própria falta de encantamento pela vida... Corremos o risco de nos envenenar mutuamente.
Hoje passo a olhar o que me cerca de forma apaixonada... passo a olhar a vida colorida e cheia de oportunidades... Aceito o amor e me expando... nesse expandir acontece o encontro com outro... um encontro para compartilhar...
Aceito a vulneralibilidade de ser humana... vejo a mudança não como morte, mas como transformação..
No amor sou divinamente humana!!!

Namorar...

12/06/2011
3+6+4=
13/4


Hoje, dia nos namorados, deixando de lado os apelos capitalistas que visam o consumo, vamos adentrar no tema...
Dia dos namorados...
O quanto estamos enamorados por nós, por nossa manifestação, pela vida?
Quando perdemos o encantamento... seja por medo, por magoa ou o que quer que seja, perdemos a oportunidade de nos realizar na vida...
Ao nos enamorarmos pelo outro antes de nos enamorarmos por tudo o que nos diz respeito estamos sujeitos a espelhar no relacionamento a nossa própria falta de encantamento pela vida... Corremos o risco de nos envenenar mutuamente.
Hoje passo a olhar o que me cerca de forma apaixonada... passo a olhar a vida colorida e cheia de oportunidades... Aceito o amor e me expando... nesse expandir acontece o encontro com outro... um encontro para compartilhar...
Aceito a vulneralibilidade de ser humana... vejo a mudança não como morte, mas como transformação..
No amor sou divinamente humana!!!

Namorar...

12/06/2011
3+6+4=
13/4


Hoje, dia nos namorados, deixando de lado os apelos capitalistas que visam o consumo, vamos adentrar no tema...
Dia dos namorados...
O quanto estamos enamorados por nós, por nossa manifestação, pela vida?
Quando perdemos o encantamento... seja por medo, por magoa ou o que quer que seja, perdemos a oportunidade de nos realizar na vida...
Ao nos enamorarmos pelo outro antes de nos enamorarmos por tudo o que nos diz respeito estamos sujeitos a espelhar no relacionamento a nossa própria falta de encantamento pela vida... Corremos o risco de nos envenenar mutuamente.
Hoje passo a olhar o que me cerca de forma apaixonada... passo a olhar a vida colorida e cheia de oportunidades... Aceito o amor e me expando... nesse expandir acontece o encontro com outro... um encontro para compartilhar...
Aceito a vulneralibilidade de ser humana... vejo a mudança não como morte, mas como transformação..
No amor sou divinamente humana!!!

11 de jun de 2011

Criação unida....

11/06/2011
11+1


Ontem assumimos nosso poder... poder de criação...
E hoje juntamos esse poder à Deus...
Que hoje unidos a Deus pensemos com desejo e força nos nossos sonhos... mesmo que estes aparentemente sejam impossíveis... os caminhos ficam por conta de Deus enquanto que alinhar a vontade e o sentimento ficam por nossa...
Vamos criar juntos...

10 de jun de 2011

Poder...

10/06/2011
1+6+4=
11


Pegando o gancho da postagem de ontem eu pergunto: o que nos impede de assumir nosso poder pessoal?
O 2 é o número da união... para nos unirmos temos que conceder... o problema surge quando apenas concedemos... quando deixamos de existir na ilusão de que desta forma fortalecemos o relacionamento com o outro.
Para que o relacionamento exista precisamos existir junto com o outro...
Hoje aprendo a existir com... em conjunto... em união.
Ao me unir deixo o meu poder se manifestar no mundo... aprendo o movimento interno de me unir sem me anular em nome do que me cerca...
Cada passo que dou rumo a Deus é mais um passo que dou em direção a quem eu sou...
Me manifesto, eu ao me manifestar em plenitude posso me relacionar de verdade... através de um movimento conjunto...
O poder se apresenta para ambos e é compartilhado. Meu poder pessoal se une a outro... dentro e fora de mim...
Desta forma sou mais e entendo que o Todo sempre é mais do que a soma das partes...
Vamos promover a união!!!
Vamos abrir no mundo a possibilidade de existir com... mais um passo para estar onde o 2 deixa de ser apenas a manifestação da dualidade, e o 11 se manifesta na integralidade...

9 de jun de 2011

Ressureição...

09/06/2011
15+4=
19/ 1


Com tanto frio e chuva o 19 me chamou , rsrs, o sol no tarot... e essa interpretação tb me intrigou como sendo algo importante...Ressurreição diária ao final da noite...
Hoje iniciamos mais um ciclo...
E ainda temos a oportunidade de da-la força dupla...
Vamos inaugurar amanhã pela manhã um dia de sucesso nas nossas vidas...
Cada um sabe aonde ou em que parte da vida a ressureição precisa acontecer...
Com a alma,  coração, o desejo, a palavra e tudo mais em concordância eu quero deixar o meu poder nascer...

8 de jun de 2011

Unidos...

08/06/2011
8+6+4=
9


Aprender a estar com o outro... se envolver... sentir o outro sem se tornar o outro...
Hoje estava lendo a respeito da simbologia do ventre... o ventre, lugar da transformação... nosso centro...
Aquele que não esta centrado não merece confiança...
Antes de encontrar o outro preciso encontrar a mim mesma... Este encontro faz brotar o amor... O amor se expande e toca tudo a nossa volta... amor não se guarda...
Hoje encontro o meu centro... E ao encontrar meu centro abro espaço para encontrar o outro... viver e deixar viver...
Ao me dar o direito de existir dou o direito que os que me rodeiam existam...
Não existe forma, meio ou artimanha que eu possa usar para guardar tudo isso só para mim... Estamos unidos... que a partir de hoje seja na alegria...
Amem

7 de jun de 2011

Casa...

7/6/2011
13+4=
8


8 o número do equilíbrio...
Este 8 vem da soma de 13 transformação e 4 mundo físico...
Acredito que para o equilíbrio de  hoje precisamos transformar algo no nosso mundo físico, talvez seja mudar somente a forma como a vemos...
Nosso mundo é nossa extensão... precisamos tratá-lo com mais respeito e amor... assim como precisamos nos tratar mais assim...
Eu desejo muito alcançar a consciência da unidade ao mesmo tempo que existo como um ser ...

6 de jun de 2011

Despertar...

06/06/2011
6+6+4=
16/7


Temos um modo limitado de perceber o que nos rodeia... mais do que limitado, este modo é na maioria das vezes superficial...
Ao negar a ampliutude, a expansção, nego o despertar... nego estar vivo...
Estar em estado de umbral não é só para aqueles que estão sem um corpo. Nós, que nos denominamos seres "viventes", podemos estar vivendo neste mesmo estado... estado este que se caracteriza por estar afastado da amplitude da fonte... estado de loucura... prisioneiro das ilusões...
Hoje eu desperto... em força, em graça em luz... Assim como na música!!!
Hoje escolho estar mais presente, ser mais sincero...
Hoje escolho me conectar com Deus, com a consciência da qual sou emanação...
Desta forma me expando e posso perceber novas e maravilhosas formas de estar aqui na Terra...

5 de jun de 2011

Mais consciente...

05/06/2011
11+4


Estar mais presente...
Estar mais consciente...
Estar mais para o outro...
Estar mais para si mesmo...
Transceder o que já está  manifestado...
O mundo é nosso...
Temos que aprender a usufruí-lo...
Aprender a descobrir o prazer em tudo que temos...
Hoje...
Eu desejo isso agora...

4 de jun de 2011

Liberdade...

04/06/2011
4+6+4=
14/5


Gostaria de falar um pouco a respeito de algo que nos oculta as cores da vida: a mágoa...
Este passa a ser um modo de ver a vida e tudo que podemos enxergar possui tons cinzas... nos afastamos da alegria de viver...
Precisamos aprender a sentir o nosso eu interno, aprender a respeito de nossos sentimentos... aprender o que tem importância em nossas vidas... aceitar que somos seres sujeitos as mais diversas vulnerabilidades... encarar a vida de frente... sabendo que quando evito a dor também estou evitando a alegria...
Estar aberto, presente em meu corpo, me possibilita lidar com o dia a dia de forma a não gerar mais traumas... aprendemos a lidar e a resolver as coisas quando acontecem... Se me sinto magoado com você posso lhe dizer como me sinto... iremos desta maneira estabelecer um relacionamento... cada um se responsabilizando pelo que lhe cabe... Mas se por outro lado, ao expressar minha dor sou ignorado, isso demonstra que devo seguir meu caminho...
Chegou o momento de fazer escolhas...
Hoje escolho que me aproxima de quem eu sou... escolho ter liberdade para me expressar com sinceridade... escolho as cores da vida... escolho as alegrias... vou dando mais passos rumo a liberdade... a liberdade de ser eu mesmo!!!

3 de jun de 2011

Vida...

03/06/2011
9+4=
13/4


13 número da morte ou transformação...
O que em mim precisa ser transformado?
Aonde em minha vida estou morto, parado, precisando de morte (transformação) para retornar a vida?
Aonde me entrego ao comodismo e suicido cada minuto preciso da minha vida?
Peço a benção da transformação... que tudo o que me faz estacionar seja revertido em motivos de impulso...
Me abro para a vida, para o amor e para Deus...
Quero vida!!!

2 de jun de 2011

Aceitar...

02/06/2011
2+6+4=
3


Tenho pensado muito a respeito da aceitação...
E como hoje é um dia para se encontrar a síntese, acredito que passo a entender um pouco mais o que significa aceitar...
Sempre pensei que ao aceitar qualquer situação, estaria automaticamente concordando, compactuando... Aceitar não é necessariamente concordar... Aceitar é deixar de disputar, deixar de competir... é não ter a necessidade de estar sempre certo... é um exercício de entrega...
Hoje abro mão do orgulho para viver em paz... deixo de lado os julgamentos a meu respeito e a respeito dos que me cercam... assumo a responsabilidade por escolher os frutos da minha vida...
Escolho amar!!!

1 de jun de 2011

Brilho....

01/06/2011
7+4=
11

Querer é poder...
Quais os objetivos que temos em nossa vida hoje?
Acreditamos que merecemos e que vamos conseguir?
Sabemos receber o que desejamos?
Para hoje quero acreditar mais em mim, acreditar que sou capaz, que mereço ser feliz com intensidade e em todas as áreas da minha vida...
Que Deus me leve pro caminho  da realizaqção pessoal, do "auto-sucesso"... rsrs acabei de inventar essa palavra...rsrs... mas acho que exprime bem quero deixar minha luz brilhar...