É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

31 de jan de 2011

Reconciliar os opostos...



31/01/2011
4+1+4=
9



A soma de hoje chamou bastante atenção...Nós estaríamos começando a encontrar o termo do meio? A manifestação sempre se apresenta entre uma polaridade e outra... O que seria o termo do meio? Nós... O processo de neutralização, que nada mais é do que achar o meio termo de tudo é feito em nós...

Luz    Sombra    Escuridão

O termo do meio sempre contém um pouco de cada pólo... Isso nos reconcilia... É uma parte essencial da Iniciação... Quando o mundo da ilusão não mais é meu foco principal... em conexão eu crio a manifestação e não me perco nela, não me identifico com a ilusão...
Essa é a forma como vemos o Eremita... Não se perde na ilusão... Tem luz própria para ver em meio a escuridão... Está protegido, é prudente...
A sua prudência está em não mais se perder de si mesmo... Em manter-se conectado...
O 9 na numerologia é número do amor universal... Daquelas pessoas que quere fazer pelo próximo... Elas sabem, que todos fazemos parte de um meso organismo, compartilhamos do mesmo caminho... A reconciliação é um dos passos...

Hoje me abro para estar em conexão... Reconciliando meus opostos para Ser feliz!!!!

30 de jan de 2011

Infinito...




30/01/2011
3+1+4=
8


"Enquanto que o número DOIS representa o pensamento consciente e os sentimentos, o número OITO refere-se a tudo o que não é consciente numa pessoa. O número OITO simboliza a matéria em si: matematicamente é o cubo de 2, «2 x 2 x 2 = 8». É isto que dá ao número OITO uma natureza estranha e mística.

Existem muito poucas pessoas na sociedade ocidental com um número OITO dominante. Estas são pessoas excepcionais que sabem o que é a realidade material - que pode ser transformada e que não é real por muito tempo. Aqui podemos ver as diferenças culturais expressarem-se através da língua. As línguas e os nomes orientais contêm um elemento muito mais forte de simbolismo do número OITO do que os do mundo ocidental.


Na cultura ocidental somos controlados por ímpetos materialistas, enquanto as culturas orientais, que frequentemente têm níveis de vida mais baixos, precisam de controlar as suas necessidades materialistas e contentar-se com menos produtos.


Não se pode fazer muito acerca do número OITO, pois, como é o número que simboliza o destino, está fora do nosso controlo. Tudo o que podemos fazer é tornarmo-nos mais conscientes dele, isto é, aceitá-lo, submetermo-nos a ele e aprender com ele.


Dinheiro, sexo e poder são as áreas nas quais o dharma do número OITO opera - fazer o que tem de ser feito. Só aqueles que sentem a necessidade de se verem a si mesmos como mais do que um corpo físico conseguem ultrapassar este número. Sendo um número de transformação e de espaço sem tempo, o OITO desafia a maioria das pessoas grande parte do tempo. Todos os nossos impulsos inconscientes residem aqui. Os sonhos são uma maneira útil de aceder ao número OITO, como também o são os pesadelos, apesar de serem menos agradáveis."
 
 
Temos feito o que tem que ser feito?
Esperamos que o outro faça?
Conseguimos ver aonde está a realidade?
Percebemos que a ilusão é realidade por um período de tempo?
Para hoje continuo me entregando ao processo...
Com mais consciencia...
Com posse da minha manifestação e unida a fonte...
Desejo participar da minha vida, ser ativa nela... e fazer o que tem que ser feito...
Desejo também descobrir a cada dia mais o meu Cristo interior e que o Cristo exterior também possa se mostrar a cada dia... desejo isso!!! união!!!
 

29 de jan de 2011

Um pouco mais livre...



29/01/2011
11+5



Interessante, a escolha nos trouxe aqui!!! E é o que muitas vezes acontece mesmo...
Ao escolher pela superação eu me deparo comigo mesmo... Transcendo o que existia até então e me torno mais livre...
Livre de birras...
Livre de preconceitos...
Livre de julgamentos...
Consigo dar uma espiadinha do outro lado... onde não há polaridades...
Que engraçado... Para escolher eu obrigatoriamente manifesto algo em detrimento de outro algo... Será que a escolha faz parte da polaridade? Acredito que sim...
Do outro lado do muro as coisas são...
E a liberdade? Pode existir em meio a polaridade?
O que é ser livre?
Hoje levanto mais um pouco a ponta deste véu...
Quando Sou mestre de mim mesmo Sou livre...
Me abro para Ser mestre de mim mesmo em liberdade... Em conexão com Deus... Aqui e Agora...

28 de jan de 2011

Enamorados - conquista




28/01/2011
10+1+4
15/ 6


         "O Arcano 6 é a indecisão, o ego sabota a obra do Pai na indecisão, pois, mesmo tendo recebido este Ensinamento Sagrado passa a trair o Pai e a Humanidade não colocando-o em prática com decisão.

Na figura acima temos exatamente isto, os Enamorados, a pessoa indecisa, confusa entre os 2 caminhos: O da auto-superação ou o da auto-destruição! A Essência quer o trabalho, quer ser liberta! Mas o ego sabota a obra, porque não quer morrer, quer os vícios, as facilidades, o comodismo, as manias... E assim todos teremos de decidir qual caminho tomar, pois, ninguém poderá ficar sobre o muro!

Por isto é preciso praticar as súplicas à Mãe Divina da mesma forma que o ar que respiramos, só assim dissiparemos toda tagarelice interior, nos tornando intuitivos, estabelecendo o elo de ligação com a Infinita Sabedoria do SER!

Silenciem a mente para ouvir o Pai! Consultem-No!

No Pai não há equívocos! No Pai encontramos todas as respostas!"



Escolho por estar no amor de Deus...
Escolho por aproveitar o momento que tenho...
Escolho por ser guiada...
Escolho por mim novamente...
Escolho por me amar...
E me disponho a encontrar o amor de Deus no outro também...
Escolho e me boto a trabalhar pra conquistar o que desejo...
Abro mão das minhas birras e do meu comodismo...
A minha vida é muito preciosa!!!! E a vida dos que me cercam também!!!

27 de jan de 2011

Temperança


27/01/2011
9+1+4=
14/5


Uma cruz, cujo os dois traços que formam seu desenho, têm o mesmo tamanho... Se a projetássemos tridimensionalmente incluindo o ponto central, que é a intercessão, forma uma pirâmide que é encimada por um ponto... Este ponto representa o divino, os quatro lados da pirâmide representam o  material...
 A cruz simboliza a vida... o elemento 5 que surge da intersecção de seus segmentos a Alma... Representa o princípio divino imerso na matéria... O princípio divino em nós...
Aí fico pensando na explicação corrente na numerologia... 5 liberdade...
Sem o príncípio divino atuando em nós... manifestado em nosso dia a dia não somos livres...

Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21“Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto.
Evangelho de Marcos, 4:21-22


É o que estamos tentando fazer... Manifestar nossa luz no mundo...
Ser livres para manifestar mais do que birras... medos...
Manifestar a alegria... O que tem de melhor em mim... Conectado ao príncípio divino...
Mas hoje é um dia 14... Então é bom que eu harmonize o humano e o divino em mim...
O que isto significa?
Bom... se der uma surtada tudo bem!!! Você é humano...
Mas não esqueça de aprender com isso... Você também é divino!!!!
Saber o limite... Me abro para este aprendizado hoje... Para equilibrar o humano e o divino em mim!!!!
Que a temperança faça parte da minha vida!!!!

26 de jan de 2011

Vaso novo!!!

www.ei-si-ufu-g7.blogspot.com



26/01/2011
8+1+4=
13/4



"...O 13 têm sido temido por muitos como o número de mau agouro e da morte e, de fato, ele é o arcano que representa a morte na simbologia do tarô, mas não apenas no sentido comum, mas também deveria ser encarado como transformação, transmutação ou mudança radical da situação atual. Quando nos casamos, morremos como entidade isolada e renascemos como um casal. Quando um artista anônimo obtém o reconhecimento, renasce como pessoa famosa. Portanto, a mudança é simultânea, para o nascimento de um fato, outro tem que deixar de existir, simbolicamente morrer.

O significado de morte associado ao 13 surgiu devido ao fato de a maioria das pessoas reagir inconscientemente ao seu lado mais material: a degeneração do corpo e a destruição. Poucas pessoas reagem ao lado mais elevado do 13, que envolve satisfação total e transformação de um fato por vezes ruim, em outro positivo que trás realização, regeneração ou uso das tremendas forças deste número para criar algo de valioso neste mundo.

Segundo os ocultistas, o 13 é um número sagrado, indicando o renascimento e a transmutação dos poderes mentais. O número 13 também é preservado nas medidas da Grande Pirâmide.

Em termos astrológicos, o 13 é regido pelo signo de Escorpião, que governa os órgãos de reprodução, o nascimento, a morte e a transmutação.
Foram 12 os apóstolos e Cristo representou o 13º com a iluminação, o sacrifício e a nova consciência divina no seio da humanidade.
No tarô, a carta 13 é representada pelo esqueleto, que é a figura da morte, mas deve ser entendido como a força vital que nunca morre, apenas muda de forma.
Não há medidas de meio-termo neste número. Existe nele um enorme potencial de realização de objetivos e, por outro lado, um potencial igualmente grande para a destruição total. Sob a regência do 13 é tudo ou nada.

Na numerologia, o 13 sempre envolve mudanças constantes. Tão logo uma situação aparentar estar resolvida e calma, um novo conjunto de circunstâncias surgirá para substituir o antigo. Isto é positivo, pois faz com que reconheçamos quais são os laços realmente verdadeiros e duradouros que mantemos ao longo da vida. O 13 é a lição do desapego.
Em termos práticos, na numerologia, o 13 é utilizado no sentido de transformação, ou seja, mudar aquilo que está estagnado e que precisa de uma solução proveitosa, reciclando as energias paradas há tempos...

O importante é compreender que na natureza tudo é composto por polaridades, ou seja, funcionamos por dois pólos, o positivo e o negativo. Isto não poderia ser diferente para o número 13, que pode representar destruição, mas também a chance de transformação, cabe a cada um de nós tirar o melhor partido desta vibração, sem medo da felicidade e das mudanças 180 graus que ela provoca na nossa jornada pessoal.

A palavra de ordem do 13 é "rei morto, rei posto", portanto ele pede que você não fique olhando para o passado, nem se lamente por ele. Não tenha medo de ser feliz. Aproveite a onda de mudança que ele proporciona em seu benefício, rumo a uma nova terra fértil e a um novo estilo de vida, melhor e mais feliz para todos nós."

http://bemzen.uol.com.br/noticias/ver/2009/02/13/1277-numerologia-quem-tem-medo-da-sexta-feira-13-


Quando não amarramos nossa manifestação com nossos medos (13) criamos uma manifestação cada vez mais verdadeira (4)...
Uma manifestação construída em bases estáveis...
Para hoje deixo ir o que é ilusório... mas abro os braços para receber isso transformado, pautado na felicidade...

Um Vaso Novo

25 de jan de 2011

Família...



25/01/2011
7+1+4=
3

Aquele que cria incessantemente os mundos é tríplice. É Brama, o Pai, é Maya, a mãe, é Visnu, o Filho. Essência, Substância e Vida. Cada um traz em si os dois outros e todos os três são um no Inefável.

Doctrine brahamanique, Os Grande Iniciados, pág. 62.

Em tempos de manifestação facilitada, criatividade é item indispensável. Mas alguém consegue ser criativo sem estar inteiro? Se nosso feminino e masculino vive seus dias em guerra como realizar o matrimônio do qual nascerá o filho (3)? Ou ainda, se a união acontece em meio à guerra, quais serão seus frutos?
Quero realizar a trindade em mim... Quero manifestar frutos que me tragam alegria...
Cada um de nós pode perceber sem muita dificuldade como estão os relacionamentos em nossa manifestação... Na maioria das vezes não passam de manipulação e disputas... Este é apenas o reflexo de nosso interior...
Hoje quero unir meu feminino e meu masculino no Sagrado Matrimônio... Para que o fruto seja um fruto de amor... E juntos: Brama, Maya e Visnu, em mim, possam ser UM no Inefável!!!!
Quero que as partes em mim passem a trabalhar juntas em amor!!! Realizadas, felizes, integradas... Ser uma família para manifestar uma família!!!

24 de jan de 2011

Querer é poder

esta imagem veio de http://www.vics.blogs.sapo.pt/



24/01/2011
6+1+4=
11/ 2

"Querer é Poder"


Hoje estamos vibrando o número 11 que nos fala de ultrapassar limites, os nossos próprios limites....
Nos fala sobre nos tornar mestres de nós mesmos...
Como o assunto em pauta anda sendo a manipulação acredito que neste ciclo vamos ganhar um pouco mais de mobilidade nas manifestações...
Manipulação como tudo na vida pode ser usado pros dois pólos...
Quero me conectar com a manipulação da minha realidade sim... mas quero que ela sirva pra me devolver mais pra mim mesma e pra devolver as pessoas que fazem parte dela pra elas mesmas... quero romper o ciclo da manifestação abandonada....
Quero tomar posse de mim mesma...
E quero manifestar a partir do meu eu conectado à Deus...
Quero manifestar a partir do meu eu que merece ser feliz, que merece ser realizado e ter sucesso!!!

23 de jan de 2011

Vamos nos divertir pessoal!!!




23/01/2011
5+1+4=
10

10, um todo fechado em si mesmo, isso bem me parece o que vivemos em nosso dia a dia... Coisas que estão pré-estabelecidas e que apenas executamos... tarefas diárias, que são tantas que desaprendemos a viver... A vida pode ser mais do que isso...
EU QUERO MAIS...
EU MEREÇO MAIS...
EU VOU TER MAIS!!!
Por aqui estamos as voltas com a manipulação...
Manipular a ação...
A palavra manipulação está associada a controlar diretamente ou indiretamente um objeto, regra, animal ou pessoa para atuar de uma determinada forma de acordo com os desejos do agente manipulador.
Assim ela pode se referir a:
Mas também pode estar associada a manipulação de objetos como medicamentos, ferramentas e informações.

O Arcano 10, a Roda da Fortuna representa um ciclo fechado capaz de modificações internas... Dá a idéia de uma revolução completa da roda da vida. Todavia a roda continua girando e recomeça um outro ciclo... Cada processo criativo segue um movimento cíclico, mas cada novo ciclo, embora pareça com o anterior, possui algo novo.
GOM, Os Arcanos Maiores do Tarô pág. 406,407.

O ciclo anterior deixa para todos nós uma herança... Porém esta herança não precisa se estender em maldição... Como se nossas escolhas, nossa vida fosse guiada pelo que já foi escolhido no passado. Podemos encarar este novo ciclo de forma criativa...

A manipulação está em tudo... desta forma passamos muitas vezes a deixar que as coisas aconteçam livremente... Isto não tem nada a ver com entrega... Ao me conectar comigo mesmo, me conecto com tudo o que existe e passo a deixar que as coisas fluam da melhor maneira de acordo com a escolha que eu fiz...
Mas com a manifestação solta, deixada ao léu o que acontece é bem diferente... Tudo vira terra de ninguém... passamos a manifestar somente a nossa sombra, já que é ela que está a ponto de explodir... rsrs... Já que é o que é negado em nós...
Podemos ir além e acrescentar mais um elemento a este novo ciclo...
Escolho não ser mais vítima das escolhas dos outros e assumir responsabilidade pela minha manifestação...
Quando escolho estou manipulando a minha realidade... Quero fazer isso com sabedoria... Em conexão...
Deixando de lado as disputas... Deixando de alienar o outro para que eu vença e manifeste o que desejo... ou o que acho que eu desejo...
Neste novo ciclo se eu tiver que manipular que seja para me trazer para mim mesma... deixando o outro livre para agir como preferir, para encontrar a si mesmo em conexão... se ele puder, se ele quizer, quando preferir...
Mas não quero mais me revoltar com a revolta do outro somente para disputa de energia, porque é este o papel que me foi destinado na manipulação que passa de geração para geração, manifestando ao léu, com regras de jogo e papéis estabelecidos...  Vítma? agressor, por exemplo...Se for a uma festa para me divertir é isso que vou fazer... Este é apenas um exemplo prático do que estou tentando dizer... Existem inúmeras situações... Muitas vezes repetitivas que roubam nossa vontade...
Vamos manifestar com mais liberdade quem somos... Isso faz sim, toda a diferença!!!!
Para eu me sentir bem com minhas escolhas uma outra escolha, que pode ser diferente, não precisa estar errrada!!!!
Este é o ciclo para que cada um tome a sua manifestação nas mãos... Vamos nos divertir pessoal!!!!!!!!

22 de jan de 2011

Construindo a liberdade!!!



22/01/2011
22+5/ 9


Hoje dia de construirmos nossa própria liberdade...
Como isso?
Através do aprofundamento no meu auto conhecimento... sempre mergulhando mais fundo em direção ao Amor...
Eu me entrego a Ti Senhor!!!
Tenho uma amiga que repete muito essa frase "É por Amor"... né Bá...rsrs!!!
E hoje essa frase me fez mais sentido...
Agir por amor... mas agir por amor em outro nível...
Não sei ainda como seria isso...
Mas me solto para aprender... me permito ser ancoradora deste novo modo de amar...
" Amar a meu Deus sobre todas as coisas"...
Amém!!!!

21 de jan de 2011

Simetria...



21/01/2011
3+1+4=
4+4=8


O número de hoje nos lembra a simetria... Quando um lado é igual ao outro... Provavelmente esta é a razão pela qual o oito é associado ao equilíbrio... Hoje a soma é de 4+4=8... O que me fez lembrar uma das sete leis herméticas: a de ritmo...

"Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta
por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do
movimento à esquerda; o ritmo é a compensação." − O CAIBALION –

Mas sempre estaremos sujeitos a ação do pêndulo? A mesma medida de alegria que experimentamos experimentaremos de tristeza? Para que haja o equilíbrio é necessário que eu me submeta?
Acredito que não... Mas para que eu possa me libertar dos efeitos da lei é preciso que eu a conheça e passe a usá-la de forma consciente ao invés de ser usado por ela.
A consciência, estar em estado de conexão, possibilita que eu escolha o que viver... Com consciência posso experimentar a alegria aqui no plano físico e quando a tristeza vier, saberei que apenas se trata da Lei do ritmo em ação... Terei desta forma, a escolha de me colocar em um nível de consciência que me deixe fora dos efeitos desta lei neste momento... Isso nunca ficou muito claro pra mim, mas hoje acho que se processa o começo do entendimento... Enquanto eu não tiver uma visão mais próxima da totalidade, não poderei ter escolha e nem autoridade para manifestar o que quero... Continuarei sujeita ao ambiente, aos que me cercam, a hereditariedade... Enfim, a lista é interminável...
Acredito que por isso o 8 é associado ao sucesso material... Se posso conhecer a totalidade, posso manifestar o que quiser...
Como fazer com que tudo tenha o mesmo peso, medida, extensão, número de pensamentos e sentimentos, tornar simétrico o espiritual e o material em mim?
Enquanto a balança pesar mais para um lado do que para o outro ainda não terei completado a iniciação do número 8.
O 7 me dá a noção de limite do mundo matérial... Ele me mostra que existe algo além que pode e deve ser levado em consideração... Nos abrimos para a possibilidade do espiritual... Começamos a ter uma idéia global, mais completa, mais verdadeira... Enquanto apenas olharmos as metades de maneira separada não poderemos experimentar a vida...
O 8 nos ensina a unir as pontas de uma maneira consciente... O amor e o ódio em mim...
Como a Pat disse no post de ontem... O manipulador e o manipulado... O divino e o humano...
Mas o que isto significa?
Significa que eu possa  abrir espaço para que tudo exista em equilíbrio em mim, funcionando como uma totalidade coesa...
Contudo, o que muitas vezes ocorre em nossas vidas, é que deixamos de considerar as coisas como um TODO, hora olhamos para a direita e hora olhamos para a esquerda...
Mais do que isto: JULGAMOS... teimamos em dizer que a direita é melhor do que a esquerda... rsrs...
TODO é o nome que os Hermetistas dão a Deus e o 8 está associado a ele...
Hoje eu quero me ver como uma Todalidade, uma Totalidade que faz parte de outra... Que eu possa encontrar meu lugar nesta sucessão de coisas...Que eu possa me manifestar... Descobrir para que eu estou aqui... me realizar... deixar de ser espelho para SER!!!


20 de jan de 2011

Tempo




20/01/2011
3+4=
7

O número SETE deve ser tomado em consideração por ser o último sinal para lembrar os limites do mundo material. Este número é o símbolo do deus grego do tempo, Cronos, e lembra-nos que tudo o que tem uma duração limitada não é inteiramente real. Apenas é materialmente real. Tudo o que é feito de matéria tem um tempo de vida limitado.
O elemento de tempo que tem de ser adicionado aos seis primeiros números para que o mundo material esteja completo. O SETE é o número que simboliza a totalidade do mundo material.
O número SETE estimula as pessoas a misturarem o amor com as obrigações.
Na maioria das outras esferas da vida, o número SETE é um instrumento útil para terminar coisas.
Temos este 7 vindo de 3+4 o que representa autoridade sobre a manifestação...
Acredito que para obter essa autoridade sobre a manifestação, isto sobre a nossa própria manifestação, precisamos fazer nossa conexão profunda entre nosso céu e nossa terra,... entre nosso lado humano e divino, nosso lado manipulador e manipulado, vítima e agressor, nosso lado masculino e feminino,...
Não nos esquecer da dica de que tudo que é limitado não é real... para percebermos o mais profundo e aonde está nossa real segurança...
Para hoje desejo a união em outro nível... desejo que quando esta ocorra  pelo menos naquele instante  o tempo pare... e se curve a REALIDADE!!!
Desejo também que o aprofundamento deste conhecimento continue a brotar dentro de mim pois ainda é vago... e sei que é só a pontinha do iceberg.

19 de jan de 2011

Mantra


19/01/2011
1+1+4=
6


“A capacidade de perceber a Unicidade através das diversidades existentes em manifestações, assim como a capacidade de descobrir a diferenciação nas manifestações semelhantes, fazem parte da iniciação ao Arcano VI (6).”¹

Acredito que é o que tentamos fazer aqui...
Buscar o que está fora da ilusão ainda imersa nela não tem sido tarefa fácil... Confesso que nem mesmo sei distinguir o real da ilusão...
O que possa afirmar com clareza, é que nos poucos momentos em que me encontro conectada... (Entendam conexão ao estado que me refiro quando me sinto integrada)... estou livre de conflitos... Os conflitos simplesmente deixam de fazer sentido. Não existem questões como esquerda ou direita... As coisas são... è um estado bem diferente do qual estamos habituados... não cabem julgamentos... é difícil descrever... as palavras não são suficientes...
Existe o momento a ser vivido e eu o vivo...
Não posso dizer se bem ou mal... se certo ou errado...
Mas também acredito que para aprender a estar em conexão por mais tempo é preciso que eu aprenda a fazer escolhas conscientes... è preciso que eu resgate a minha vontade...
Para ter autoridade (4) para escolher (6), é preciso que eu saiba as opções (2), certo? E para que eu saiba as opções é preciso que eu esteja consciente, e para que eu esteja consciente é preciso que eu esteja em conexão... O que veio primeiro? O ovo ou a galinha? Rsrs...
Preciso aprender a escolher para estar em conexão e preciso estar em conexão para escolher...
È isso aí... estamos aprendendo a ver as coisas como na física quântica... Não é uma coisa ou outra e sim uma coisa e outra...
Masculino e feminino...
Bem e mal...
Amor e ódio...
Dia e noite...
É de fundir a cuca... rsrs... mas estou disposta a prosseguir...
Por isso eu afirmo:
Quero viver além das manipulações... além do esperam de mim, além do que querem que eu faça...
Hoje eu abro mão do jogo para ser EU MESMA...
Quero viver livremente minhas escolhas e assumir responsabilidade por elas...
Quero poder mudar de escolha quando aquela não mais fizer sentido... sem culpa...
Afinal, estamos todos trilhando o mesmo caminho...Tudo o que está em cima é como o que está embaixo... esta é a lei da analogia...
Mas não posso me esquecer que a palavra é como e não igual, existem diferenciações...
Que eu possa escolher viver suas nuances...
 Será que existe escolha certa?




Mantra
Composição: Nando Reis / Arnaldo Antunes



Quando não tiver mais nada
Nem chão, nem escada
Escudo ou espada
O seu coração
Acordará!...
Quando estiver com tudo
Lã, cetim, veludo
Espada e escudo
Sua consciência
Adormecerá!...
E acordará no mesmo lugar
Do ar até o arterial
No mesmo lar
No mesmo quintal
Da alma ao corpo material...
Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama
Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare
Quando não se têm mais nada
Não se perde nada
Escudo ou espada
Pode ser o que se for
Livre do temor...
Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama
Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare
Quando se acabou com tudo
Espada e escudo
Forma e conteúdo
Já então agora dá
Para dar amor...
Amor dará e receberá
Do ar, pulmão
Da lágrima, sal
Amor dará e receberá
Da luz, visão
Do tempo espiral...
Amor dará e receberá
Do braço, mão
Da boca, vogal
Amor dará e receberá
Da morte
O seu dia natal...
Aaadeeeus Dooooor...(4x)
Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama
Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare (6x)



Nota ¹: Os Arcanos maiores do tarô, GOM, pág. 404.

18 de jan de 2011

É preciso saber viver!!!


18/01/2011
9+1+4=
14/5


É preciso aprender a viver!!!
O homem veio ao mundo para superar seus limites...
A cada limite rompido mais liberdade conquistada...
Ser livre...
Porém o que é ser livre?
Liberdade é estar só?
Muitas pessoas que não precisam dar satisfações a ninguém são presas e muito presas...
Presas nas grossas malhas da ilusão...
A real liberdade está em perceber que estamos em uma escola... e que tudo o que passamos aqui é um aprendizado... ficando presos a superfície da vida... não conseguimos ver sua grande beleza e os aprendizados passam desapercebidos como se estivéssemos a mercê da vida....
Olhe além...
Responsabilidade sobre o que acontece com você...
Se ligue a fonte...
Se abra para ir além...

17 de jan de 2011

Abro mão do medo para vibrar AMOR...




17/01/2010
8+1+4=
13/4


Em um ano que vibramos o 4, e no qual a manifestação está extremamente facilitada quero criar com base na conexão mais profunda de meu ser...
Quero ser capaz de ver além da ilusão e recuperar minhas asas...
Quero ancorar a leveza...
Quero ancorar quem eu sou e manifestá-lo sem medo...
E se amanhã eu mudar... tudo bem... Afinal, tudo que é vivo vibra e muda...
Quero estar viva e celebrar a vida...
Deixar de suportar meus dias para vivê-los intensamente...
É uma mudança de padrão, uma mudança de postura, uma mudança de atitude...
Que ela se processe em mim em plenitude...
E passe a fazer parte natural de quem eu sou e de minhas atitudes diárias!!!
Abro mão do medo para vibrar  AMOR!!!
Quero enxergar a energia da transformação como uma benção...
Quero viver intensamente meus desejos...
Quero ver na mudança a alegria de estar viva!!!!!!!!




E para aqueles que querem mais detalhes a respito do ano de 2011 aí vai:
Quem quizer ver de onde o texto foi tirado é só clicar AQUI!!!!

Ao longo das postagens falaremos mais de cada um dos itens, com seus aspectos do dia a dia....


O ano de 2011 tende a ser um ano mais calmo. Uma nova maneira de ser da
 ordem mundial já está silenciosamente, se alterando. A  realidade está
 mudando, e com ela pedindo que nós, de maneira individual,
 possamos compreender e mudar também.

Após todas as "intempéries" de um ano do Tigre de Metal,
 uma pausa. Este será um ano para acalmar e colocar a casa em ordem, com
 trabalho, organização, estruturação e algum esforço, afinal sem
 disciplina e  direcionamento não iremos entender o que está realmente
 vibrando. É um ano de construir e solidificar uma nova consciência sobre tudo
 que nos cerca, de  despertarmos para um novo momento, onde a busca pelo "o que
 realmente importa", dentro de nós, está batendo à nossa porta.

Na numerologia será um ano 4. Um ano de muito trabalho, organização e
 estruturação que exigirá de nós um esforço incansável  em nossa contribuição
 com o "todo". Um ano 4 também nos traz certas  restrições, mas por outro lado
 mais controle e planejamento de todos os passos que iremos  caminhar.

Na Astrologia Chinesa este será um ano do Coelho de Madeira. Um ano calmo,
 pacifico, com muita tranquilidade, onde a diplomacia será o meio de
 sobrevivência, aprendendo a fazer concessões, a dar e receber, mas com um
 sentido de dever acentuado e muita responsabilidade. O gosto pela beleza e o
 admirar com sabedoria. No aspecto negativo, tenderemos a fazer concessões
 exageradas "para não brigar", com certa permissividade, e  também haverá o
 risco de uma boa dose de estagnação pelo excesso de  quietude. É preciso
 encontrar o ponto de equilíbrio, pois o coelho sabe "contornar" as  adversidades.

Na Astrologia, será um ano de Mercúrio, regente dos  signos de Gêmeos e
 Virgem. Mercúrio rege a inteligência, a capacidade  intelectual de pensar,
 elaborar, analisar, discernir e também de comunicar. Será um ano onde a
 habilidade em falar, se expressar, aprender e trocar serão muito
 valorizadas. A clareza da mente e a fluência verbal, aliados ao raciocínio
 rápido irão ser a tônica deste regente. Então, vamos  colocar nossas
 habilidades à mesa!

A correspondência Angelical de Mercúrio estará associada  à proteção do
 Arcanjo Mikael ou Miguel, o grande protetor da humanidade,  mas desta vez não
 será sua espada que levantará à luta, e sim a  inteligência, a estratégia, a
 concessão, a discussão pela paz. Pois sua energia vibrará para que possamos
 nos ver em paz nos conflitos.

Nas energias dos Orixás, 2011 será regido pela energia  feminina, em especial
 a Orixá Oxum, dona do ouro, da fartura, do amor, da riqueza e da fertilidade.

Em resumo, este ano tende a ser um ano mais calmo, onde a  diplomacia, a
 eloqüência, saber usar a inteligência e as palavras  serão a habilidades
 exigidas para termos um bom ano. Toda esta regência  caminha em uma só
 direção: a do desenvolvimento do ser humano e a sua  evolução, portanto, o
 trabalho, a austeridade, o direcionamento, a retidão,  também serão exigidas.
 Não há mais porque sermos "meio" bons, "meio" honestos,  "meio" sinceros.
 Temos que "escolher" sermos melhores e evoluirmos.

O Lápis Lázuli, rocha metamórfica, vem como um bálsamo  neste período, onde
 poderemos abrir nossa consciência para ver os objetivos  espirituais que
 estão por traz deste momento da humanidade. Ele nos ajuda  a entender, a
 discernir, a aprender sobre o momento em que estamos vivendo.

Uma pedra sagrada, utilizada por muitos povos antes de  nós, sempre com
 objetivos espirituais elevados, como conexão e visão sob um olhar espiritual
 da realidade aqui na terra.

No aspecto físico, pode agir como uma pedra calmante,  anti-ansiolítica, 

promovendo o relaxamento e induzindo ao sono tranqüilo.
Ajuda de forma  vibracional a reforçar o sistema imunológico do
organismo. Auxiliar no tratamento de afecções de pele, acnes, eczemas e
urticárias. Age  beneficamente sobre as disfunções hormonais e também
sobre a frigidez. Atua sobre o metabolismo, favorecendo a perda de peso.

No aspecto emocional, movimenta o universo interior sempre
 em busca de seus desígnios maiores, ao sentido da vida, ou ao que veio
 nesta encarnação.
 Proporciona o reencontro e a religação consigo mesmo. É capaz de abrandar e
 solucionar estados emocionais de conflitos interiores.
 Promove a  auto aceitação e a auto-estima. Faz com que possamos nos
 sentir acolhidos pelo universo, e forte o suficiente para enfrentarmos o que
 vier pela  frente. Favorece a força da alma, em sentido elevado,
 sobre a mente. Auxilia  nos processos de cura de somatizações, pois ela faz com
 que a pessoa possa compreender o "porque" adoeceu, e o que vai fazer por si
 mesmo para se curar, com sabedoria e muita, muita proteção espiritual.

No aspecto mental é capaz de abrir a visão positiva de nossas virtudes.
 Promove a abertura mental ao plano da sabedoria superior.
 Faz abertura do discernimento e da absorção de novos conhecimentos. Abre
 a mente para o novo, o mais belo, o mais artístico, o mais inspirado,
 enfim, todas as conexões positivas da alma com o refinamento intelectual e
 espiritual. Esta  pedra é capaz de fazer a abordagem de sua energia de forma
 natural, sem choques, inspirando a mente aos mais nobres e elevados
 conceitos de sua  alma. Favorece a concentração, induz ao estado meditativo
 e à profundidade interior. Boa conselheira nos casos de tomadas de decisões
 ou  posicionamentos firmes em casos delicados.

No aspecto espiritual ela promove a contemplação da espiritualidade. Possui
uma propriedade especial que é a de purificação, não só do corpo físico,
como também dos corpos sutis. Esta purificação é no sentido de elevação da
alma e de realinhamento energético. Sua ação protetora é bastante forte.
Assim como a abertura que promove, para o entendimento na matéria, do mundo
espiritual.

Enfim, podemos entender que o caminho sempre será pelo autoconhecimento e
pelo entendimento da alma e do seu coração, adaptando o nosso "ser" à
mudança do paprocesso de adaptação não existe um "remédio", mas sim uma
atitude de mudança interior.drão vibracional universal. A energia universal vem caminhando
nesta direção há 20 anos, pois em 2012 estará à nossa porta a abertura da
Era de Aquário, uma nova consciência participativa da iluminação, da
transformação da consciência individual para obtermos a elevação espiritual,
para a qual o processo de adaptação não existe um "remédio", mas sim uma
atitude de mudança interior.

16 de jan de 2011

Sagrado!!!




16/01/2011
7+1+4=
12/ 3



"O sacrifício nos é imposto, mas o sacro-ofício nos é oferecido."

Para este dia vibramos o 3... Que resultou da soma dos algarismos do 12...
E gostaria de falar a respeito deste 12 para entendermos melhor o que estamos manifestando (3) e até mesmo como manifestar algo diferente...
De repente me ocorre que a posição do enforcado (a carta 12 do tarot) amarrado pelo pé esquerdo de cabeça para baixo, já é a posição que o ser humano vive sua vida, ou não a vive... acreditamos que a vida é um sacrifício, que estamos em um mundo de provas e de expiação... e esperamos o Paraíso para quando morrermos...
A carta que segue na caminhada do Louco no tarot  o enforcado é justamente a morte...
Porque precisamos esperar morrer do plano físico para sermos felizes se temos a possibilidade de morrermos (transformarmos) no plano físico quantas vezes quisermos????
Precisamos morrer no mundo material sim, mas não em corpo...
E assim um novo eu surge...
O plano material é nosso aliado, está aqui para ajudar a desenvolver quem somos frente as ilusões que criamos...
Estamos vibrando muito pelo medo então criamos um mundo externo para lidarmos com isso...
Pra mim basta quero criar um mundo pra ver como me saio com a felicidade...
A cada novo ciclo, novos aprendizados... novos sacrifícios ou se conseguirmos enxergá-los assim novos sacro-ofícios (trabalho sagrado)...
Hoje além de tudo é um dia 16 que o raio da torre venha, e destrua sim, tudo o que é ilusório em minha vida... e que eu tenha a capacidade de perceber aonde estão meus valores mais preciosos e reais...
Quero poder respirar fora desse caos... quero sentir a minha importância... quero poder sentir a importância das pessoas na minha vida...
Quero viver na verdade... não quero ter que ficar jogando o tempo todo... quero descobrir o gosto pela simplicidade, pelo respeito, pelo amor sem defesas... pela descoberta do sagrado em tudo que me cerca...


Achei esse texto sobre o enforcado muito interessante vou reproduzí-lo:
http://amraluz.com/jornadadotarot/MENU/ARCANO_TEXTO/ENFORCADO.HTM

O Enforcado
O Louco, agora mais forte e dominando seus instintos, encontra algo que lhe parece estranho e pára diante do Enforcado e observa-o perplexo: um homem suspenso pelo pé esquerdo e de cabeça para baixo. Parece estar bem à vontade nesta estranha posição e está tão plácido quanto a Força, sua perna direita está cruzada atrás da esquerda (formando um 4) e está pendurado por uma corda amarrada em duas colunas e cada uma têm seis ramos cortados.

O Louco, então, percebe que o Enforcado está a espera de algo, sem ansiedade, sem se mexer.


O Louco então trava um diálogo com este Enforcado:
Louco: Porque você está assim, pendurado de cabeça para baixo? Quer ajuda para descer e ficar livre como eu?

Enforcado: Livre como você? Você não é livre, pois não sabe ainda o poder do sacrifício, não sabe lidar com a espera. Está mais amarrado do que eu, está amarrado à sua imaturidade, ansiedade e vontade de chegar ao fim do caminho, sem perceber os detalhes desta jornada. Estou de cabeça para baixo, mas isso é uma questão de ponto de vista, por exemplo, na posição em que estou, é você quem esta de cabeça para baixo. Você acha que tem os pés no chão e a cabeça ligada ao céu. Mas saiba que nossos pés estão ligados ao céu, pois nele temos nossas raízes e nossa cabeça é que esta ligada a Terra, pois estamos neste plano material e através dele evoluímos .
Agradeço pela ajuda que me oferece, mas se eu sair daqui antes do tempo certo, não terei aprendido o necessário para seguir em meus objetivos, não terei passado pela maturidade que preciso e acabarei tendo que voltar para esta posição.

Louco: Mas porque tem que estar nesta posição?

Enforcado: Porque ela me faz refletir, observe que as moedas caíram do meu bolso, até porque aqui não preciso delas agora. As pegarei no tempo certo. Nesta posição, eu me disciplino a esperar e saber esperar é uma qualidade importante para continuar a estrada que preciso percorrer, assim como você.

Louco: Mas você não me parece agoniado.

Enforcado: No inicio eu estranhei, tinha pressa, achava que resolveria tudo tentando sair de minha condição, me mexia para soltar a corda que prende meu pé, mas percebi que quanto mais eu me mexia, mais amarrado ficava. Então observei que com o tempo, a chuva, o sol, e os pássaros a bicar minha corda, dia após dia, a corda vai se roendo ficando cada vez mais fraca. Enquanto isso reflito sobre o que já vivi, sobre o que aprendi nesta caminhada até chegar aqui onde estou. Assim saberei continuar minha jornada de forma mais paciente, sabedor de que há fases em que tenho que esperar o tempo passar e que o sacrifício é necessário para alcançar meus objetivos. Saberei compreender melhor a estrada da existência e certo de que mereci a minha vitória e darei muito mais valor à tudo que conquistar.
Antes de ficar amarrado, recebi da Força a sabedoria de controlar meus instintos e aqui passo pela prova, assim saberei se, realmente, consegui aprender o que ela me ensinou.

Louco: Mas não acha que está renunciando a vida, que está perdendo tempo na sua caminhada?

Enforcado: Muitas vezes precisamos renunciar em prol de algo que queremos, abrir mão, saber que vale a pena esperar.
Quando percebemos que o sacrifício é um sacro-ofício, perdemos a sensação de dor e agonia e como lhe disse, quanto mais nos mexemos ansiosamente em busca de nos livrarmos da corda, mais nos amarramos. Aprendi a esperar e enquanto isso, vejo as pessoas passarem por mim, apressadas, mas acabam voltando, pois se perderam em seus atalhos e em suas ansiedades, achando que podem conquistar as coisas de forma rápida e sem raízes. Vejo em seus rostos o poder que não possuem, acham que o tempo lhes pertence e que não precisam esperar por nada.

Louco: Mas você não acha que temos que lutar rapidamente, pois a vida é curta?

Enforcado: Se estivesse aqui no meu lugar, perceberia que não perco tempo, ao contrário, ganho tempo, pois ao sair daqui já saberei o caminho certo. Se eu passasse direto, nem sequer, saberia o que realmente tenho que conquistar e se o que desejo é mesmo este ou aquele caminho. Temos que lutar sim, mas se formos afoitos, perderemos a luta, temos que conhecer as nossas batalhas antes de entrarmos nelas. E é isso que faço aqui.
A vida tem o tempo que imaginamos ter, se prestarmos atenção a cada momento, ela se torna mais longa, não importa os anos que viveremos, pois, se não prestamos atenção aos detalhes de cada hora, podemos até viver 100 anos, teremos a sensação de termos vivido apenas 30.

Louco: Vi que tem 6 ramos em cada lado de suas colunas. O que isso significa?

Enforcado: São as doze fases do ciclo de vida que se repetem até o fim de nosso aprendizado, são os 12 signos do zodíaco pelos quais temos que passar, são os 12 trabalhos de Hércules realizados. Quando eu chegar no último, é o sinal de que já posso sair daqui e continuar minha jornada.

Louco: Então você está assim por vontade própria?

Enforcado: Esta posição pode ser voluntária ou não, mas a vida, muitas vezes a impõe para nós, como aprendizado ou colheita do que plantamos, como processo de evolução, como lhe disse, se passarmos correndo pela estrada da vida, acabamos aqui, para sabermos estruturar melhor nossas vidas. Mas não escapamos de estar aqui, pelo menos uma vez. Muitas vezes estamos assim, não por nós, masr pelos nossos semelhantes.

Louco: Obrigada pelo que me ensinou, se me permite, não seguirei adiante, como sempre faço, mas ficarei aí como você, pois para aprender o que me disse, preciso sentir sua experiência.

O Enforcado seria a nossa capacidade de saber esperar pelo que desejamos, mas não é uma espera passiva no sentido de acomodação e sim, a sabedoria de que as coisas têm seu tempo certo de acontecer. Que para conseguirmos o que desejamos, temos que primeiro refletir, sem a ansiedade que nos impulsiona para atalhos perigosos, onde perderemos nossas batalhas e depois de pensar, precisamos saber como agir e o sacrifício que teremos que fazer para alcançarmos nossos objetivos.





15 de jan de 2011

Saindo da casa da ilusão...

15/01/2011
6+1+4=
11



Hoje é um dia 15, este número representa a carta do Diabo no tarot, ela nos fala a respeito do turbilhão astral que é formado pela totalidade das emanações humanas, ou seja, por tudo o que pensamos e por todas as emoções que sentimos...
Nós, como humanidade, ainda estamos sendo governados pelas ilusões que nós mesmos criamos...
A inversão dos valores tornou-se a base de nossas vidas e de nossos relacionamentos... A matéria é passiva, deveria ser regida, mas ao invés disso somos regidos por ela... Nós perdemos nossa vontade, nossos desejos para servir a matéria, para servir ao consumo, para servir ao ego, para servir ao outro...
Ao invés de desfrutar do mundo material... Ao invés de criá-lo para nossa alegria, nos tornamos seu escravo, assim como as duas figuras que estão presas a figura do Baphomet. Estamos a seus pés, ao invés de como a Kundaline subir para sua cabeça a fim de queimar seus chifres e descortinar a ilusão... Ao invés de nos tornarmos seres completos, com a parte feminina e masculina agindo em harmonia, estamos vivenciando o estado ilusório, o umbral.
É preciso passar por este estágio para que possamos nos encontrar, nos transcender (11), sem que essa visão nos cause apenas horror e medo. Esse medo está vinculado a ilusão...                   
Vamos deixar os dramas de lado, este ano não é para isso, em 2011 a manifestação está amplificada... O que vamos criar? Mais medo? Mais ilusão?                                                                                                                                                         
Hoje, com a força de meu útero quero ser capaz de criar além da ilusão... Me transcender... Eu mereço!!!!

14 de jan de 2011

Vida nova!!!




14/01/2011
5+1+4
1


Começo de um novo ciclo...
Para mim quero que seja o primeiro ciclo de minha vida onde minha vontade tenha peso...
E que minha vontade tenha um peso maior do que meu medo pra mim mesma...
Eu entrego meu medo na mão de Deus pois quero ser capaz de me entregar aos meus desejos... de vive-los intensamente...
Quero aproveitá-los até que meu desejo mude...
E tenho espaço para aproveitar a intensidade em todas as áreas de minha vida de uma vez...
E quero ter a capacidade de mudá-los quando não estam me correspondendo mais...
Quero sentir isso... eu mereço... com todo o meu ser em correspondência... sou capaz... não vou me desmanchar ou morrer de sentir a felicidade...
Sou capaz de fazer escolhas...  e as melhores pro que necessito aprender... mesmo que todos me condenem... tenho direito... de viver o que escolher...
Quero ser fiel a elas... agora... já...

13 de jan de 2011

Primeiro passo!!!




13/01/2011
4+1+4
9


A soma do 9 de hoje veio de um dia 13...
É preciso haver uma transformação profunda (13), para que possamos desnvolver nossa sabedoria interior (9)....
Assim, as manifestações (4) estarão sempre unidas pela conexão (1)...
A carta correspodente ao 9 é o Eremita no Tarot...
Sempre imaginamos esse senhor como um ser solitário...
O que nos fazia temer bastante chegar a esse estágio...
Imaginávamos que após passar pelo 8 estaríamos sós...
Este nosso medo tem se revelado extremamente vinculado a ilusão na qual estamos todos imersos...
E mais do que isso, esse medo pra mim e pra Pat, representa a nossa tentativa de continuar na ilusão, sem realmente fazer parte da vida, sem conexão, sem expansão...
Em um lugar onde o encontro de si mesmo não pode acontecer...
Afinal o que representa o eremita?
Para nós ele é a conexão com nossa luz interior, e quando nos conectamos a ela as ilusões deixam de estar em primeiro plano...
Isso não significa necessariamente estar sozinho...
Posso estar no mundo, conviver com as pessoas, mas para isso não preciso me perder de mim mesma...
Minha luz interna me guia... encontrar essa luz é o primeiro passo para a sabedoria...
Hoje quero descobrir em mim a luz que me faz ver em meio a ilusão!!!!

12 de jan de 2011

Raio de luz




12/01/2011
3+1+4=
8


"O número 8 representa o que permanece em equilíbrio: A Justiça ! Na mitologia egípcia, Anubis é a representação máxima do número 8. Anubis (saturno) faz o julgamento dos mortos através de uma enorme balança, onde, num dos pratos, é colocado o coração do iniciado, do outro, encontra-se uma pena. Este simbolismo, indica, para o bom iniciado, que o coração não pode pesar mais que uma pena, daí a importância da pureza em nossa evolução."
http://bemzen.uol.com.br/noticias/ver/2010/07/07/131-numerologia


O coração para estar leve precisa estar conectado a fonte e liberto das defesas egóicas...
Acredito que é por isso que o 8 é o número de Deus...
Expansão, amor, alegria, paz... vamos deixar isso tudo brotar de dentro de nós...
No dia de hoje vamos  nos entregar a vida, aceitá-la como está e perceber o que temos de bom neste momento para desfrutar...
Mesmo nos momentos mais difícies, mais nebulosos, ainda encontramos um raio de luz para viver...
Que nossos olhos consigam ver essa luz e fixa-la.... mesmo sentindo dor....

11 de jan de 2011

No País das maravilhas...



♪♫ Roda, roda, roda... Roda, roda sem parar Pois rodando assim a nossa roupa vai secar Pula, pula, pula Quem parar vai muito mal Todos bem felizes nesta roda coloo... ...Salta, salta, salta Nesta grande confusão... gira, gira, gira por aqui e por ali... tanta correria neste mundo eu nunca vi...



11/01/2011
11+1+4=
11+5



Transcender é estar mais perto da liberdade... ir além do que nos foi imposto... do que nos treinaram para ser... ou simplesmente que esperam que a gente seja...
Hoje é o dia de libertar-se da imagem e descobrir sua essência... hoje é o dia de libertar-se da ilusão... Dentro da ilusão não podemos ser livres... Dentro da ilusão nem sequer podemos ser nós mesmos... Hoje eu quero me libertar e ser quem EU SOU... Com conexão!!!!
Ficamos como no desenho da Alice no País das maravilhas... Rodando em volta de uma pedra tentando nos secar... Só que por mais que nos esforcemos, por mais que nos aprecemos, estamos em um lugar onde logo a próxima onda vai ensopar. E na ilusão sempre tem alguém em cima da pedra, ao lado de uma fogueira quentinha a nos dizer que se fizermos tudo certinho, se obedecermos as regras de seu jogo, ficaremos secos como ele...
Hoje me vejo como a Alice... ela tenta entender as regras do jogo, da corrida ... e diz para aquele que está em cima da pedra:
Ninguém pode secar deste modo!!!!



As Diferenças entre Religião e Espiritualidade


A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.

A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.

A religião é para aqueles que necessitam que alguém
lhes diga o que fazer, querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção
à sua Voz Interior.

A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo,
a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.

A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: "aprende com o erro".

A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!



A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e portanto é Deus.


A religião inventa.
A espiritualidade descobre.



A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.


A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.


A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.


A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.


A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.


A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.


A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.


A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.


A religião alimenta o ego.
A espiritualide nos faz Transcender.


A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.


A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.


A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.


A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.


A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida.