É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

30 de nov de 2011

Observação....

30/11/2011
11+7






7 um número místico...
Um número que nos leva a silenciar...e observar...
Ouvir mais do que falar...
Conectar com a natureza sentir seu movimento...
E recarregar a energia na nela...
Saber esperar a hora certa e agir....
Rezar, orar, meditar...
Hoje dia de estar consigo mesmo... se sentir, sentir as pessoas e o ambiente...
Desejo profundamente que a mãe natureza nos traga sabedoria, paciência, calma e paz...e recarregue as nossas energias...

29 de nov de 2011

Eu quero isso...

29/11/2011
11+11+4=
22+4



Hoje é o dia de construir tanto no espiritual quanto no material... Juntar os dois mundos em nós e colocar a mão na massa para que nossa vida seja muito mais do que ousamos sonhar... Eu quero isso!!!



Emoções - o segredo nascrônicas do tempo

Existem seres neste universo que ainda não descobriram as emoções humanas. Quando vocês visitam terras antigas e observam as criações de outras épocas, podem sentir as frequências e as vibrações inerentes a estes locais. Vocês sabem que lá existem chaves, sabem que existem mensagens - que há algo guardado dentro daquilo que outrora existiu, e irá revelar-­se novamente. Da mesma forma, os seres humanos possuem escondido dentro de si algo de enorme valor para a evolução do universo.

Estamos nos referindo a tais dados como códigos e números mestres: fórmulas geométricas de luz essenciais à recriação e produção de formas de vida por todo o universo. Os seres humanos foram largados, escondidos e esque­cidos desde os primórdios dos tempos, desde que seu DNA foi rearranjado. E aqueles tempos foram esquecidos. Vocês fi­caram de quarentena, como se estivessem nas masmorras do tempo por um período tão longo que, ao despontarem as no­vas eras, ninguém mais se lembrava que vocês estavam lá.
Contudo, há os que não esqueceram. Enviaram vocês com a missão de mudar tudo: trazer de volta a memória e o valor da existência humana à frente da criação. Vocês são necessá­rios por serem portadores de algo que muitas outras espécies desconhecem inteiramente: a emoção. E, do mesmo modo que vocês precisam trabalhar juntos para atingirem individual­mente a plenitude e a riqueza do ser multidimensional, exis­tem seres tentando impulsionar o universo inteiro para uma nova oitava - buscando criar um novo território. Os Guardiães do Tempo sabem onde os dados estão guardados, e vocês foram encontrados; foram escolhidos para trazê-los à luz.
Nós avançamos - ou retrocedemos em relação a nosso tempo - para dar assistência àqueles cuja missão é des­vendar os anais do DNA humano. Estamos aqui para ajudá-­los a rearranjar o DNA no vosso interior, para então se tornarem parte da Biblioteca Viva. Como já foi mencionado, o que está ocorrendo na Terra irá afetar muitos lugares. A energia enviada neste momento destina-se a redirecionar determinadas forças universais que, ao se alinharem, conduzirão este universo à conscientização simultânea de sua identidade. O que existe na Terra pode ser comparado a um segredo escondido nas crônicas do tempo, relacionado à emoção.
Nesta dádiva da emoção há riqueza e abundância; há uma capacidade incrível de se transcender rea­lidades diferentes e vivenciar estados de consciência inteira­mente diversos. As emoções permitem que certas energias se liguem, se misturem, se fundam e percebam a si mesmas. Sem emoção, tal ligação não existiria. Existem seres muito antigos no universo que percebe­ram a essência do planeta Terra. Eles vêm trabalhando há eons. São veneráveis anciões, mesmo para nosso sistema, respeita­dos como homens e mulheres de grande sabedoria, no concei­to de vocês, embora não sejam, de fato, homens nem tampouco mulheres. São considerados Guardiães da Existência deste sis­tema.
 São eles que fazem os movimentos e dirigem o sistema, como um capitão dirige o navio. Eles guiam o universo em seu curso; este é o seu trabalho. Assim como vocês têm o vosso trabalho, o deles é dirigir este universo rumo à descoberta. A partir do próprio aprendizado e da própria jornada, eles des­cobriram que precisam entrar em contato com outros universos. Há um plano que consiste em impulsionar e enviar ener­gia para experiências novas. Neste momento, a Terra e vários outros sistemas onde vocês existem simultaneamente, servem como instrumento no renascer da emoção, com o propósito de compreender todas as identidades condensadas em uma só.
Os universos estão descobrindo o que são capazes de fazer quando se unem e realizam um trabalho conjunto, da mesma forma que voces estão descobrindo o que podem vir a ser. Não existe uma idéia preconcebida sobre-aquilo que-vai acontecer. Trata-se de um novo território. A emoção é a chave de tudo isso. Como seres humanos, vocês precisam da emoção para  entrarem em contato com  Eu espiritual. A emoção é essencial à compreensão da espiritualidade porque emoções geram sentimentos. Os corpos mental e físico estão estreitamente ligados, da mesma forma que o estão os corpos emocional e espiritual. O corpo espiritual é aquele que existe além dos limites físicos.
Vocês precisam da emoção para compreender o não-físico, e é por isso que as emoções têm sido tão controladas neste planeta. Foi-lhes ofe­recido muito pouco espaço emocional, e vocês foram incentivados a se sentirem impotentes e amedrontados. Muitos de vocês não querem ultrapassar estas barreiras emocionais nem superar seus limites pessoais porque creêm poder ser doloroso. Gostariam de dizer "abracadabra" e que, num piscar de olhos eles desaparecessem.
A dor traz-Ihes sen­timentos. Se não conseguem sentir de outras maneiras, al­gumas vezes, para chamar sua atenção de seres humanos teimosos, vocês criam a dor para mostrar a si mesmos toda a gama de suas capacidades e para trazê-Ios à vida. Desse modo, conseguem sentir a riqueza de estarem vivos. A maioria dos seres humanos tem medo de seu centro emocional, ou centro do sentimento; tem medo de sentir. Con­fiem em vossos sentimentos, não importa quais sejam eles Tenham confiança  de que eles o guiaram acreditem  que os sentimen­tos podem levá-Ios à realização. Todos querem estar dentro e fora da vida ao mesmo tempo.

Costumam dizer: "Quero ficar aqui e ser uma pessoa poderosa, mas não quero sentir nem participar muito porque posso me machucar, ser sugado. Não confio na vida." Quando ultrapassam o medo dos sentimentos, superam os julgamentos e permitem afIorar tudo o que sentem, conse­guem uma tremenda abertura porque podem levar os sentimen­tos para outras realidades. Se quiserem conseguir uma aceleração, mergulhem em algo que provoque sentimentos. Parem de contornar o assunto, achando que está tudo sob controle. Mergulhem bem no meio do sentimento, para poderem perceber se o estão controlando mesmo.
Não se trata de não saber sentir, o que ocorre é que vocês têm medo dos sentimentos. Não sabem o que fazer com eles quan­do aparecem. Como lhes trazem uma sensação de impotência, os associam com a expressão: "Ah, não, que droga!" Quande surge uma emoção que provoca dor ou raiva no vosso sistema de conceitos, a rotulam de nociva. Chega de pisar em ovos e evitar as emoções! A raiva tem um propósito todos querem detoná-Ia e agir como se fosse uma _coisa  ruim.
Comportam-se como se a raiva fosse uma verdura podre,um lixo a ser enterrado no quintal, como se não houvesse um propósito em sua existên­cia. Insistimos em enfatizar  que existe um proposito para o medo e um propósito para a raiva. Se se permitissem vivenciar e expressar os vossos medos ou o que pode levar à expressão da vossa raiva, aprenderiam alguma coisa. Quem evita deses­peradamente o medo e a raiva, quem realmente teme estes sen­timentos, tem muito o que aprender com essas emoções. São técnicas que lhes permitem superar os limites pessoais de com­portamento e identidade e vocês simplesmente têm medo de experimentá-Ias. Acham que ninguém vai apreciá-los, caso sintam ou façam certas coisas e põr isso não se 'permitem tais sentimentos. A raiva vem daí. Sentem raiva porque emitem julgamentos em relação ao que podem, ou não fazer.
Se não se permitirem sentir, não poderão aprender. Sao os sentimentos que os ligam à vida. Os sentimentos servem a vários propositos dos seres hu­manos. Incentivamos todos vocês a acreditarem, cultivarem e confiarem em seus sentimentos. Devem encará-Ios como bi­lhetes de viagem para realidades multidimensionais, onde pre­cisam ir, caso estejam jogando este jogo para valer. Nas realidades multidimensionais aprendem a focalizar e manter simultaneamente muitas versões diferentes de si mesmos. Os sentimentos são capazes de transportá-Ios a estes lugares, es­pecialmente aqueles em que vocês confiam.
Deixem aflorar todos os vossos sentimentos e, ao invés de os julgar, permitam-­lhes que se manifestem para poderem observar aonde eles podem levá-los, ou o que eles podem fazer por vocês. Quando sentem medo de alguma coisa, evitam expe­rimentá-Ia, erguendo uma muralha onde se pode ler: "Se eu for lá, vai ser ruím." E pisam no freio. Na verdade, o medo que sentem acaba energizando a experiência no nível do desen­volvimento de cada um, pois todo o pensamento assume for­ma de acordo com a influência emocional a que está sujeito. Por isso, às vezes, o melhor que se tem a fazer é simplesmente dizer: "Bem, vou entrar nessa.
Eu me entrego." Depois, então, dediquem-se a estar lá, sem se preocuparem em estar ou não centrados enquanto estiverem mergulhados no centro do sen­timento. Se pretendem entrar no vosso centro do sentimento e manter tudo sob controle, não estarão permitindo a si mesmos a amplitude de movimentos necessária para aceitar as emo­ções que derrubam as limitações e preconceitos. A raiva tem o seu propósito. Ela não acontece por acaso, nem a dor acontece por acaso. Ambas os levam a alguma situa­ção. Intencionalmente, podem entrar no centro do vosso senti­mento e aprender a permanecer centrados ali, enquanto exploram as oportunidades que se apresentam.
Se vocês dis­serem: "Vou permanecer centrado lá", isto soa como se não permitissem nenhum movimento ali dentro. Em vez disso, pro­ponham-se simplesmente a ter um centro. Ter um centro não significa que as coisas não flutuem; significa que vocês lhes permitem flutuar. Vocês decidem se o barco vai naufragar, ou navegar em águas calmas. Comandam os acontecimentos, por­tanto a calma ou a agitação destes acontecimentos independem de vocês. As vossas emoções não alimentam apenas os outros, são fonte de alimento para o Eu. É assim que vocês se alimentam e criam a vossa identidade. Esta é a vossa identidade como frequência através das vossas emoções.
As emoções os alimen­tam e dão vida ao prefixo da vossa estação transmissora. Vão ter de lidar com cada uma das vossas limitações, simplesmente porque não querem fazer isso. Adorariam di­zer: "Poeira dourada das estrelas, elimine minhas limitações. Bum! Estou livre!" Na teoria, isto seria simples. Trata-se do exemplo clássico de se evitar o centro do sentimento. Vocês possuem sentimentos e preconceitos emocionais que ajudam a criar limites externos; por isso, quando rompem uma barreira, precisam enfrentar a emoção que originou o li­mite. É através do corpo emocional  que contatam o corpo espiritual.
Para ultrapassarem as dificuldades, precisam sentir todo o processo. Na verdade, as dificuldades são jóias preciosas. Mesmo descobrindo que têm 101.000 limitações, não devem sentir-se frustrados. Digam apenas: "Que interessante". Olhem para  elas e, em vez de amaldiçoá-Ias, observem-nas simplesmente e tentem descobrir como apareceram. Descubram a que pro­pósito elas serviram - em que mercearia foram compradas es­tas mercadorias. Quando reconhecem, identificam e desejam liberar al­guma coisa, a mudança acontece. Quando existe apego ou medo, ou pensam: "Gosto deste limite; está me servindo mui­to bem", vocês criam as limitações.
Precisam aprender a amar as vossas emoções. Quando ro­tulam alguma coisa como difícil, vocês a tornam difícil. Não são os outros, são vocês mesmos. Persistem em resistir e julgar as mudanças que surgem. Sentem que não sabem o que está surgindo, e não querem perder o controle. O controle é algo muito conveniente e muito prático. Deve ser aplicado na hora certa, no lugar certo, como uma cola instantânea. Já alguma vez colaram os seus dedos, ou os lábios, com uma cola instan­tânea? Precisam aprender a exercer o controle, da mesma for­ma que usam a super cola. Se se lambuzam com uma super cola, ficam grudados e nada podem fazer.
O mesmo acontece com o controle: ele os prende a coisas às quais vocês absoluta­mente não precisam ficar presos. Devem ser muito seletivos em relação ao que decidirem ou não controlar. O antigo pa­drão do ser humano, ou o paradigma existente, afirma que "Vocês têm que assumir o controle." Vocês precisam das vossas emoções. Devem ficar seus ami­gos porque, através dos sentimentos podem subir a escada  que os leva ao Eu multidimensional, ao sistema de doze ­chakras e a explorar o que descobrirem por intermédio dos sentimentos que detectam se algo está ou não funcionando.
A mente lógica não perceberá certos acontecimentos se o corpo não estiver ligado aos sentimentos. São os sentimentos que re­gistram a alteração da frequência, não a mente lógica. Vocês estão vivenciando o despertar de uma alteração de frequência. Estão sendo levados a mudar diversas áreas de suas vidas, a abandonar muitas coisas. Não devem resistir a estas mudanças, nem sentir que perderam o controle por des­conhecerem o que está por vir, ou por acharem que estão to­mados pelas emoções. As vossas emoções estão apenas querendo lhes mostrar algo; vocês não gostam, porque acham que elas estão interferindo em suas vidas, ou que podem constrangê-Ios.
Fiquem espertos. A próxima vez que se depararem com uma destas situações emocionais, digam imediatamente: ':tudo bem, sei o que está acontecendo; desta vez não caio nessa. Sei que existe alguma coisa aqui para eu aprender, alguma­ coisa que devo mudar. Acredito que estou sendo guiado, que estou executando um projeto, portanto vou procurar o que devo aprender, sem julgamentos, seguindo o fluxo. Peço que todas as minhas mudanças venham com alegria, segurança e harmonia. Este é o meu decreto. Ele abrange tudo aquilo que eu quero em minha evolução: eu vivo a alegria, a segurança e a harmonia. Por isso, sigo com essa energia e vejo o que está mudando para mim e o que preciso abandonar."
Como as vossas memórias não estão claras e vocês não cultivaram a confiança interior, fecham-se, porque não perce­bem que estão sendo preparados para a mudança. É imperati­vo que confiem no centro do sentimento e trabalhem com ele. Quando "algo" aciona o vosso centro do sentimento e os inco­moda, devem enfrentar os sentimentos que os desagradam. Esta é a vossa essência. Estes sentimentos constituem as vos­sas jóias, tesouros, pedras preciosas, onde vão encontrar ensi­namentos acerca da vossa identidade. São o vosso trampolim e a vossa relação com eles nunca terá fim.
Não podem jogá-Ios fora e dizer: "Hum, não gosto desse ser que eu era!" Mas po­dem alterar o Eu que conseguiu perceber estas realidades. À medida que se forem tornando conscientes e adquirindo uma compreensão mais ampla sobre quem são, poderão olhar para trás, observar tal entidade naquela época e ter uma percepção completamente nova de quem eram então. Este é um processo contínuo. Irão começar a percebê-Io uns nos outros. Respeitem os vossos amigos quando atravessam o pro­cesso deles, mas não se envolvam.  Se for o caso, tomem uma atitude, mas não ajudem os outros a prolongarem seus dra­mas.
É tempo de ultrapassar os vossos obstáculos, não de man­ter a peça em cartaz por um ano. Sugerimos que contem as vossas histórias uma, duas ou três vezes no máximo. Não pre­cisam contar tudo para todo o mundo, pois as outras pessoas também estão atravessando os seus processos. Quando ficam falando sobre os vossos problemas, deixam escapar uma opor­tunidade, porque falam em vez de fazer e ver sobre o que estam falando. Ao contar para todo o mundo o que está acontecendo, ­vocês estão simplesmente querendo chamar a atenção, e não precisam fazer isso.

Os acontecimentos não param e vocês nunca colocam um ponto final neles, porque são as "vossas coisas". Se em determinado momento sofrem, garantimos que, ao se depara­rem com uma situação semelhante no futuro, terão adquirido uma compaixão jamais experimentada. Irão enxergar a situa­ção a partir de uma perspectiva completamente diferente. O que está vindo à tona agora são as coisas que original­mente os impediam de perceber a realidade. São partes do vos­so corpo emocional onde as vias de comunicação foram cortadas/bloqueando o fluxo de informações. Isto lhes causou sofrimento e acabaram transferindo a dor emocional para o corpo físico. Recomendamos a todos que desenvolvam um tra­balho corporal.
O trabalho corporal traz a energia cósmica para o corpo físico, distribuindo-a depois para os outros corpos ­mental, psíquico, emocional e espiritual - fazendo com que a frequência energética se ajuste. No momento em que a frequência energética se encaixar, se não bloquearem a memó­ria celular e permitirem que a energia penetre em seus corpos, essa energia irá percorrer vossos chakras e alimentar o vosso corpo com as informações que possui. Quando sentem medo, se fecham, culpam as outras pessoas ou negam as emoções, vocês empacam. Nesse caso, mesmo que a luz inunde os vossos corpos, ela não corresponderá à frequência energética.
Pene­tram então, no caos, e todo o mundo se afastará, porque esta­rão emanando caos. No entanto, o caos é um bom lugar para se estar; não há nada de errado com ele, desde que não permane­çam ali para sempre. Quando negam as emoções, estão pedindo que grandes mudanças da Terra ocorram em vossa psique. Quando permi­tem que ocorra um tornado aqui, um furacão ali ou uma erup­ção vulcânica por aí, estão conferindo liberdade de expressão às vossas emoções, não lhes permitindo voltar contra o seu ambiente pessoal. Os sentimentos constituem o elemento de ligação entre vocês e a vossa natureza humana; os sentimentos os ligam às vossas emoções.
E, neste plano da existência, as emoções li­gam vocês ao vosso corpo espiritual. As emoções e os senti­mentos são a chave para se estar vivo nesta realidade. Existem muitas realidades onde não há emoções; nesta realidade, po­rém, as emoções são a maior dádiva que receberam. Se negam o vosso Eu emocional nesta encarnação, é melhor admitirem a derrota. Se não o assumirem, nunca conseguirão. participar do jogo de que estamos falando. Farão simplesmente parte da massa que assiste televisão e se considera vítima o tempo todo.
Se o vosso corpo emocional estiver sofrendo, perguntem-se qual a razão da dor, a que propósito ela está servindo e por que escolheram criar dor através das vossas emoções.  Por que não escolhem criar alegria? Tudo é uma questão de escolha.
Mensageiros do Amanhecer download...

28 de nov de 2011

Mudanças...

28/11/2011
10+11+4=
11+5


Aceitar as mudanças...
Deixar fluir...
Estar no presente...
Aproveitar o momento...
Novamente mais um componente da lei do dar e receber...
Desapegar do velho e explorar o novo...
Entre na dança...
Para hoje desejo soltar o que não for mais para mim e correr para o abraço das oportunidades que a vida quer me oferecer...

27 de nov de 2011

Cheguei...

27/11/2011
9+11+4=
11+4






Manifestar o que queremos, o que somos...
O 11 é visto por alguns como o número da transgressão, contudo, transcredir o hábito mais do que algo que nos fará um imenso bem também é algo extremamente necessário.
Quantos de nós vivemos e manifestamos vidas que não são as nossas? Existem aqueles que vivem a vida que os pais projetaram, outros a vida da empresa onde trabalham, enfim... chegou a hora de cada um viver a sua maneira...
Isto não significa que não seremos bons filhos ou funcionários competentes, apenas significa que saberemos ocupar o lugar que nos cabe e fazer do nosso dia a dia muito mais prazeroso, muito mais nosso...
Desta forma existirá muito mais a ser compartilhado... deixaremos as programações da matrix para trás...
Estamos aqui para viver o milagre de estarmos vivos... realizar projetos, realizar sonhos... estes sonhos podem ser compartilhados, mas não devemos nos sentir no direito de sonhar pelo outro e nem deixar que sonhem por nós...
Hoje me permito realizar meus sonhos, compartilhá-los... me permito estar em movimento no fluxo da vida que é dinâmico... posso tocar, sentir, provar... estou no mundo... Eu existo!!!

26 de nov de 2011

Peça e serás atendido...

26/11/2011
8+11+4=
11+3




Pedir....
Sabemos pedir?
Pedidos estão relacionados intimamente com a manifestação...
Peça o que deseja claramente nos detalhes e observe as duplas interpretações...
Você  é escutado.... eu sou escutada...
Portanto use e abuse deste recurso...
Mas saiba pedir...
Quando acontecer... agradeça, comemore....
Deus está presente a todo momento...
Abra seu coração e peça...
Você verá...
Portanto vou aproveitar para fazer o meu pedido pra hoje...
Eu desejo profundamente estar em mim, desejo profundamente me amar, aprender a amar as pessoas, ser feliz, leve, próspera, saudável, conectada e realizada....

25 de nov de 2011

Cooperação...

25/11/2011
7+11+4=
22


Escolha um trabalho de que goste e não terá que trabalhar um único dia em sua vida. Confúcio





Hoje viramos o 22...
No 22 além de ter encontrado a nós mesmos conseguimos colocar a mão na massa e praticar, porém em cooperação com outras pessoas que querem, em prol de um objetivo comum...
Além de ter me descoberto começo a descobrir e outro e agir com o outro para a construção de algo importante...
Manifestar a essência de Deus aqui no mundo....
Manifestar a essência de Deus é manifestar quem eu sou e o que vim fazer...
Estado de cooperação mútua... cada qual desempenha o que veio ao mundo fazer... e a obra sai...
Dar e receber em outro nível...
Para hoje eu desejo construir  minha vida com leveza, alegria, ocupando o meu lugar, fazendo o que vim fazer, me conectando com o todo em cooperação, sem deixar de lado quem eu sou....

24 de nov de 2011

Princípio ativo...

24/11/2011
6+11+4
11+1




A unidade...
Ultrapassar as barreiras da individualidade sendo 1...
Quando não existimos, não sabemos ao certo quem somos...
Formamos "bolos", "massas" que contém as características comuns dos egos afins...
Quando começamos a despertar...
Formamos uma unidade onde cada qual é quem é... sabe quem é...
Analisa o que lhe dizem e dentro disso faz escolhas...
Por isso que acredito que o 1 foi batizado de princípio masculino, por ser um indivíduo ativo, um ser que age, inteiro, sendo este homem ou mulher...
Inteiros conseguimos fazer uma unidade, uma família...
Formando assim o corpo iluminado de Deus...
Eu quero ser 1 na multidão de pessoas despertas, quero fazer o que vim pra fazer, quero estar com Deus e estar em Deus...

23 de nov de 2011

Em minhas mãos...

23/11/2011
5+11+4
11+9





No 9 adquirimos a sabedoria de entender que não estamos sozinhos... Assim como nossa células, fazemos parte de um organismo maior... Viver este conhecimento em nosso dia a dia, encontrando o nosso lugar e nossa missão, que nada mais é do que o que viemos realizar, manifestar neste mundo... 
Temos falado constantemente em nos conectarmos a Fonte de tudo, a Deus... Esta conexão nos coloca automaticamente onde devemos estar, ela encontra-se dentro de cada um de nós e pode ser vivenciada de várias maneiras... não existem regras, apenas instrumentos que facilitam o processo... 
Um deles é olhar a beleza, pode ser da natureza, um bebê em seu colo, algo que faça sua energia expandir... procure ficar neste estado o maior tempo que puder... 
Nos acostumamos a viver a vida em tons de cinza, chegou a hora de ir além... Nossos relacionamentos não devem mais nos aprisionar, tirar nosso brilho... mesmo o relacionamento que temos com a gente mesmo... Olhar as pistas que nossa manifestação nos traz é outro bom instrumento para saber se estamos conectados... Quando estou desempenhando os papéis de vítima e/ou de agressor estou desconectada comigo, portanto também estou desconectada do todo, ao qual faço parte. 
Não adianta dizer que o outro é que tem responsabilidade pelo meu aborrecimento, assumir responsabilidade por minha manifestação e lidar com as coisas internas é libertador... Se a "culpa" fosse do outro eu ficaria a mercê dele, se a responsabilidade é minha eu me liberto. Não gosto do que estou manifestando agora? Então posso mudar, está em minhas mãos...

22 de nov de 2011

A rotina como instrumento do sagrado!!!

22/11/2011
33+4




Dia de se auto desafiar...
Porém desafio com objetivo...
Utilizando a matéria física...
Aonde desejo chegar?
Quais tem sido meus obstáculos?
Vamos promover situações neste dia que nos ajudem a desenvolver aquilo que temos dificuldade...
Acredito nisso como sacro-ofício...
Pois se deixarmos a vida empacada... vemos o desafio mais como um chato sacrifício... no qual até faço o que é preciso mas arrastado, cheio de birras e perco o brilho da lição e do aprendizado... registro somente o sofrimento...
Desejo profundamento realizar minhas tarefas diárias como sagradas... e em cada gesto, cada movimento, cada obstáculo enxergar um instrumento de conexão comigo e com Deus....

21 de nov de 2011

Aqui e agora...

21/11/2011
3+11+4=
11+7



A carta 11 do Tarô é a Força, que nos fala que é importante adquirirmos consciência de nossa força, de nosso poder pessoal... 
Quando não estamos conscientes de nossa força, somos manipuláveis... Crer em si mesmo é o passo que estamos dando neste momento... 
Saber que quando conectados a Fonte, temos energia inesgotável.... Quando aprendemos a entrar em contato com nossa Força, nosso poder pessoal o que acontece? Deixamos de nos obrigar a ter relacionamentos destrutivos, buscamos o nosso melhor, nossa prosperidade, nossa alegria... ou seja, somos vitoriosos (7)... 
O ser completo, conectado a fonte, que foi além dos limites do ego, se tornou inteiro, feminino e masculino, céu e terra funcionando harmonicamente no aqui e agora!!!
Hoje eu me conecto, quero e faço os movimentos necessários para que este conectar se manifeste em ações diárias, palpáveis...
Sou vencedora!!! Não do outro, não em competição... venço meus próprios limites para ser mais Eu... 
Não sei nem se vencedora é a palavra que exprime o que eu sinto neste momento, já que nela está embutido o perdedor... 
Falo de um estado para além da dualidade... onde tudo acontece do jeito que tem que acontecer... tudo pode ser comemorado... vivido, experimentado... Aqui e agora!!!

20 de nov de 2011

Osho - relacionamento: amor e liberdade

Ciúme - Quando há atração sexual e o ciúme entra é porque não há amor. Há
medo, porque o sexo é uma exploração. O medo se torna ciúme. Não se pode
amar alguém não-livre, pois o amor só existe se dado livremente, quando não
é exigido, forçado e tomado. Quanto mais controlamos, mais "matamos" o
outro. As causas do ciúme estão dentro de nós; fora estão só as desculpas. O
amor não pode ser ciumento. Ele é sempre confiante. Confiança não pode ser
forçada. Se ela existir, segue-se por ela. Senão, é melhor separar, para
evitar danos e destruição e poder amar outra pessoa. Quando amamos alguém,
confiamos que não quererá outro. Se quiser, não há amor e nada pode ser
feito. Só através do outro tornamo-nos conscientes de nosso próprio ser. Só
num profundo relacionar-se o amor de alguém ressoa e mostra sua
profundidade: assim nos descobrimos. Outra forma de autodescoberta, sem o
outro, é a meditação. Só há dois caminhos para chegar ao divino: meditação e
amor.
http://soniasaporetti.blogspot.com/2010/01/relacionamento-amor-e-liberdade-osho.html

O amor me expande...

20/11/2011
11+6







Escolhas...
A todo instante a vida nos coloca frente importantes escolhas...
Ficar atento a elas...
E ser fiel a quem somos e ao que acreditamos é muito importante...
Eu só sei de uma coisa embora eu ame muito algumas situações, pessoas...
Eu me amo mais...
E quero estar aonde eu possar estar...
E estar o mais inteira possível...
Portanto essa é minha escolha...
E escolho respeitar, libertar e amar as pessoas principalmente as que amo para que consigam estar o mais inteiras e em si mesmas possível...
Assim como desejo pra mim....
O amor nos devolve pra nós mesmos...

19 de nov de 2011

Olhar de criança...

19/11/2011
1+11+4=
11+5





Quando expandimos nosso pode pessoal encontramos mais liberdade... 
Tudo que se expande em nós está em constante movimento, busca mudança e coisas novas a todo momento... por isto uma parte de nós que é chamada de ego por alguns tenta fazer com que nos apeguemos ao conhecido... 
Trabalhar o desapego é fundamental para o processo de expansão do poder pessoal... 
Expandir nossas fronteiras para além do que conhecemos, olhar a vida com curiosidade e entusiasmo... Afinal somos viajantes... nossa jornada pode ser incrível, podemos aproveitar cada situação, cada oportunidade com os olhos curiosos de uma criança que se descobre em um mundo novo a cada dia...
Eu desejo isso!!!

18 de nov de 2011

Poder pessoal...

18/11/2011
9+11+4=
11+4



Realidade material 4...
Soma de nossos recursos interiores 1 e nossa criatividade 3...
Número do poder...
Poder pessoal...
O que seria poder pessoal?
Poder:
" Poder sempre foi visto como a capacidade de controlar e manipular os outros, isto é, de influenciar a ação do outro. Mas o Poder só se manifesta quando o influenciado aceita a ação do influenciador. Neste sentido, o influenciador só terá o Poder sob o influenciado se este aceitar. Da mesma forma, só haverá explorador se existir um explorado. Então, só existe abuso de Poder quando há cumplicidade entre influenciador x influenciado. Quando alguém diz se queixando: Você me explora, abusa da minha boa vontade!!! , está faltando com a verdade. Na verdade, é ela que se deixou ser explorada, abusada. Houve um consentimento."
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=2144
2 formas de poder:
- poder contextual: É o poder delegado, institucional, papéis sociais que o indivíduo ocupa.
- poder pessoal: Esse poder individual é a sua força interior, seus talentos, seu autoconhecimento, sua consciência, sabedoria de vida, autoconfiança, sua fé, seu auto- domínio, isto é, seu controle emocional e sua capacidade de ser uma pessoa autônoma, capaz de conduzir sua vida.


Exercitar o Poder Pessoal, portanto, é vencer suas limitações, seus medos, suas ilusões, é se superar. E para resgatar esse Poder, é preciso estimular sua consciência, isto é, expandi-la através da prática do auto-conhecimento, tirando a venda de seu olhos. O Poder Pessoal não leva as pessoas a alienação e a resignação. A maioria das pessoas freqüentemente sente que suas vidas são destinadas e que não podem ser mudadas.

Há 3 tipos de pessoas: 
1) As que ficam apenas assistindo às coisas acontecerem na sua vida; 
2) As que ficam imaginando o que aconteceu; 
3) As que fazem as coisas acontecerem.
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=2144

Para hoje desejo que meu poder pessoal se expanda...
Eu quero fazer as coisas acontecerem....

17 de nov de 2011

Consciente...

17/11/2011
8+11+4=
11+3





Saber nos comunicar além das palavras e saber ler as informações que nos são passadas para além delas... O nosso corpo fala... nossos gestos... a energia que emanamos também tem sua própria linguagem... 
Saber ler e sentir estes sinais proporciona uma visão mais global de nós e do que nos cerca. 
Na maioria das vezes não fazemos os pactos com as pessoas que nos cercam verbalizando... Também podemos quebrá-los para além das palavras... 
Muitas vezes, fazemos uma coisa esperando obter um determinado resultado e passamos longe de do que queremos... Isto porque não acessamos todas as informações disponíveis... 
Já ouviram dizer que um gesto vale mais do que mil palavras?
Hoje me sinto mais livre... mais eu... posso me comunicar com a vida em vários níveis... conscientemente!!!!

16 de nov de 2011

Pactos....

16/11/2011
7+11+4=
11+11=
22


Mestre construtor... construtor da sua manifestação externa... ativo e passivo na interação  sua com sua criação e com as outras pessoas despertas em sua realidade...
Ás vezes fazemos mudanças internas importantes... e...
Ficamos esperando o resultado disso na manifestação... e...
Por surpresa percebemos que pouca mudança externa gerou....mas o que aconteceu?
Quando nascemos escolhemos uma família, quando começarmos relacionamentos de qualquer natureza alguma coisa motiva à aproximação... é como se fizéssemos um pacto... e nossas mudanças esbarram nesses pactos... por isso mudamos mas geramos mudança até determinado ponto...
Porque é como se traíssemos esses  acordos..
Quebrá-los com consciência liberando eu e o outro para um relacionamento baseado no amor e não mais em um interesse específico é uma coisa que podemos fazer para abrir um espaço maior de liberdade e mudança...
Porém faça com responsabilidade, só quebre pactos que esteja pronto para enfrentar...
E você não precisa falar pessoalmente com a pessoa, só se sentir necessidade e tiver abertura para isso...
Para hoje desejo quebrar os pactos que não manisfestem quem eu sou hoje.... desejo relacionamentos mais verdadeiros e baseados na troca do amor em qualquer nível ou forma....

15 de nov de 2011

111...

15/11/2011
6+11+4=
11+1




É claro que quem sabe um pouco de matemática sabe que se somarmos os dois último dígitos do ano em que nascemos acrescido da idade que teremos completado naquele ano o resultado será o ano em questão. 
Vou dar minha idade de exemplo mais uma vez: 1978 é meu ano de nascimento, meu ano 0 é o de 1900, portanto em 2000 eu estava a 100 anos do meu ano 0. 
Então, como eu completei 22 anos no ano 2000 a soma seria: 78+22=100. 
No ano seguinte: 2001... 78+23= 101 e assim por diante até chegarmos no ano de 2011, no qual minha soma e de todos que tem por referência 0 o ano de 1900, o 111, já que nos afastamos 111 anos da referência 0. no que vem nos afastaremos 112 anos da referência 0 e assim por diante.
Contudo, acredito que nada é aleatório, se minha referência é o ano de 1900, isto acontece por uma razão. Levantar as questões referentes ao nosso dia a dia, usando a numerologia como instrumento, como pista é nosso objetivo. Assim como poderíamos ter escolhido qualquer outro instrumento: tarô. runas, astrologia... Ou quem sabe uma música, um poema ou mesmo uma oração...
Instrumentos para nos despertar para a vida, assim como faz o despertador pela manhã...
O ponto fundamental aqui não é acreditar ou não no instrumento... é pensar a respeito de como temos vivido nossas vidas e como podemos viver melhor, de maneira mais plena. 
Hoje vou além das minhas verdades pessoais... vou além do instituído para viver a minha vida a minha maneira...
Posso transformar meu mundo... com toda certeza... e me disponho a isto...
Hoje me conecto a Deus para ser mais plena, aprendo a colocar as coisas no seu devido lugar... aprendo a ocupar meu lugar!!!

14 de nov de 2011

Amor...

14/11/2011
5+11+4=
11+9




O amor universal presente em outro nível...
O que é ser amoroso?
Amor e permissividade estão ligados?
Acredito que amor está mais ligado a limites mas.... limites, liberdade, responsabilidade....
Rsrsrs... não sei ainda... mas este amor está sendo ancorado...
Acredito que vamos conhece-lo...
Para hoje desejo entrar em contato mais profundo com o amor e suas nuances....
Quero aprender a amar e ser amada...

13 de nov de 2011

Sou...

13/11/2011
4+11+4=
11+8



Transcender a competição... Como podemos ser mais parceiros em nosso dia a dia? 
Dentro deste contexto, onde tentamos encontrar a união, a unicidade neste mundo que até agora foi regido pela dualidade, torna-se difícil até tentar colocar em palavras o que venha a ser esta parceria. 
De forma bem pessoal, posso dizer que ao encontrar a conexão comigo mesma fica tudo bem mais simples. Só que ainda não consigo isto por muito tempo...hahaha... eu me escapo a todo instante...
Uma amiga me disse que coisas de grande magnitude só podem acontecer dentro das coisas simples... nós é que complicamos... Isto me fez um sentido além das palavras... 
Ser quem somos deveria ser o nosso natural... coisa fácil de se realizar... então porque complicamos tanto? Para que tantas máscaras? 
Sinto que quando conseguirmos ser quem somos, no aqui e agora, toda e qualquer competição não terá sentido. Nos sentiremos como parte de um único todo e afetar qualquer uma das partes é afetar a si mesmo...
Hoje me dou o direito de ser quem sou... Além de qualquer expectativa, minha ou de quem quer que seja... apenas SOU!!!

12 de nov de 2011

A união da vitória!!!

12/11/2011
3+11+4=
11+7




3 espírito....
4 forma física...
O nosso 7 de hoje advém da soma de 3 +4
O 7 representa a vitória...
Após o portal de ontem...  temos hoje o número da vitória... e sendo esse da somatória do espírito e do corpo...
E foi o que o portal prometia a união da dualidade...
A constituição de seres completos...
Acredito que estamos no caminho...
Para hoje desejo que a união continue se processando....

11 de nov de 2011

11/11/11...

11/11/2011
11+11+4=
22+4




No próximo 11 de novembro (11.11.11) acontecerá um evento sem precedentes na história da Terra. Pela primeira vez serão ativados de maneira definitiva os Códigos de Luz da Alma - os mesmos que foram desativados há milhares de anos. Cumpre-se assim, um requisito imprescindível para a chegada da Nova Terra: o ser humano para ascender terá que 'estar completo'..texto veio daqui!!!

Hoje é dia da abertura de mais um portal 11:11...
Estamos rumo a Unidade...
Apenas de 100 em 100 anos temos uma data 11/11/11...
O que podemos fazer?
Receber o reforço que vem para o planeta e para nós!!! Vamos fazer a nova era acontecer. Não somente em palavras, mas aqui mesmo na Terra, em nosso cotidiano.
Vamos nos tornar inteiros e nos relacionar com pessoas inteiras.
Você conhece o observador da física quântica? Ele é a parte de nós que está ligada a tudo, que está ligada a Fonte, a Deus. Só que na maioria das vezes estamos conectados ao ego... Talvez porque este faça mais barulho...
Chegou a hora desta sentinela silenciosa ganhar espaço, fazer parte de nosso dia a dia. Chegou a hora de sermos inteiros...
Hoje eu estou conectada a minha essência, em expansão me liberto, sou feliz e pleno!!! Meu coração está pulsando, sinto a vida com tranquilidade na unidade!!!

10 de nov de 2011

Respiração a dança da vida...

10/11/2011
11+5






Respiração...
Vida...
Quanto mais a respiração flui ... mais flui a vida...
5 número também ligado ao princípio feminino....
Porém aqui esse princípio feminino está envolvido em uma forma física... Enquanto o 2 é só o princípio feminino em si...
Que o sopro vital feminino anime meu corpo...
Quero muito essa liberdade...
Quero que o desejo desse feminino ativo vibre em meu corpo...

9 de nov de 2011

Quinto elemento...

09/11/2011
9+11+4=
11+4





Água, terra, fogo e ar... O que falta?  quinto elemento é você em sua manifestação, neste dia saber estar dentro do seu corpo, da sua vida, tudo isso a sua maneira é fundamental!!! Conexão minha gente!!!
Sabe porque estou falando que em minha manifestação eu sou o quinto elemento? Porque na minha vida sou eu que faço as coisas acontecerem e se estiver conectada a Deus farei isto de acordo com o meu propósito, sem me desviar.
Hoje me conecto a Deus mais profundamente... e me conecto a mim também... uma coisa não pode ser separada da outra...
Aprendo a olhar minha vida com olhos de alegria, aprendo a sentir alegria para manifestar coisas alegres...
Encontro em mim um espaço de expansão... de amor!!!

8 de nov de 2011

Nascimento...

08/11/2011
8+11+4=
11+3




Última etapa do processo de nascimento...
Nascimento no plano físico...
Já colocamos nossos pés na Terra?
Estamos realmente aqui?
Ou ainda estamos em outro lugar, vagando em outra realidade que não corresponde com o presente?
Somente aqui e agora existe a força da consciência e o despertar...
Estamos a poucos dias do portal 11:11...
Não tenhamos medo de estarmos aqui...
As emanações construtivas, graças ao amor, vencem as dificuldades do ambiente...
Para hoje desejo estar realmente aqui e agora, quero aproveitar a oportunidade, quero que meu DNA se recorde das informações importantes para o momento e que a limpeza se processe...
Quero nascer no hoje e manifestar quem eu sou e o que vim fazer...

7 de nov de 2011

Construir...

07/11/2011
7+11+4=
22



Transformar sonhos em realidade... construir sua manifestação a partir do que é real para você... em parceria, cooperação, unindo razão e intuição...
Como temos construído nosso mundo?
Hoje quero construir a partir do que me traz felicidade...
Manifestar minhas idéias e projetos no mundo...
Me realizar...
Sem ter alguém que me diga o que fazer... passo a ser capaz de sustentar meu intento...
Meus pensamentos, palavras e ações estão alinhados a partir de agora com meu SER, consequentemente com Deus!!!

6 de nov de 2011

O Agora...

06/11/2011
6+11+4=
11+1




Vocês sabiam que se somarmos os dois últimos dígitos da data de nosso nascimento e mais a idade que teremos em 2011 o resultado sempre será 111? Isto para aqueles que nasceram até 1999. Acredito que as pessoas que nasceram após esta data já deram o passo que estamos dando agora... chegou nossa vez...
Por exemplo: nasci em 1978 e tenho 33 anos, o que soma 78+33=111. Faça a sua soma...
Sinto que estamos realizando no coletivo um movimento que nos levará a sermos um com o TODO. 
Este movimento nos leva a cura e ao encontro com a nossa essência. 
E o que acontece quando nos encontramos? 
Encontramos Deus... 
E ao encontrar Deus dentro encontramos tudo o que verdadeiramente existe para além das ilusões. Isto é transcender... Um movimento que não pode ser separado... não existe primeiro e segundo passo, existe o passo em si. Tudo acontece no agora ao mesmo tempo... Ou melhor, sem tempo, sem espaço... Estamos acostumados a nos deter nas histórias, mas se aprendermos a estar presentes para as experiências que trazemos para nossa vida aprenderemos a estar mais conectados...
Hoje me conecto a Deus de uma forma leve, feliz, entusiasmada e curiosa... 
Sei que tudo me conduz para o meu crescimento, para o meu melhor, para onde devo estar aqui e agora... Caminhei tanto e por tanto tempo... 
Hoje entendo que onde eu devo estar sempre esteve ao meu alcance... 
Sabe qual é este "lugar"? 
O AGORA!!!