É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

1 de out de 2011

Escolher...

01/10/2011
1+1+4=
6



Primeiro dia do mês de outubro... O que vibraremos neste mês? As questões familiares estão sendo trazidas a superfície para que sejam resolvidas... Reconstruir relações pautadas no respeito e na honestidade é a pedida do momento... Um período extremamente favorável para que façamos escolhas... Então, seja qual for a vibração do dia, teremos estas questões mencionadas acima como pano de fundo. Agora, como podemos escolher com sabedoria? Como sair dos dramas de controle para que possamos ter relacionamentos de verdade? Vamos começar aceitando que em grande parte das vezes entramos em jogos de manipulação de energia... Para que entendam melhor como isto funciona, aí vai uma parte do livro A visão celestina, do mesmo autor de A profecia celestina.


"A GRANDE CONQUISTA dos psicólogos da interação foi identificar e explicar a tendência dos seres humanos a competir entre si e a dominar uns aos outros por causa de uma profunda angústia existencial. Veio do Oriente, no entanto, um esclarecimento maior sobre o processo psicológico subjacente a esse fenômeno.
Como tanto a ciência quanto o misticismo demonstram, o ser humano é, em essência, um campo de energia. No entanto, a sabedoria oriental afirma que o nosso nível normal de energia é baixo e fraco, e assim permanecerá até nos abrirmos às energias absolutas disponíveis no universo. Quando isso ocorre, o ch'i — que talvez devêssemos chamar de nosso nível de energia quântica — eleva-se o suficiente para sanar nossa angústia existencial.
Mas até então vivemos procurando extrair das outras pessoas energia adicional.Vamos começar esse estudo examinando aquilo que realmente acontece quando dois seres humanos interagem. Existe um velho provérbio místico que diz que aonde vai a atenção, para lá flui a energia. Assim, quando duas pessoas voltam a atenção uma para a outra, elas literalmente fundem seus campos energéticos, juntando as energias. Aí surge logo a questão: quem é que vai controlar essa energia acumulada? Se um dos dois consegue dominar, fazendo o outro aceitar seu ponto de vista — enxergar o mundo à sua maneira, através dos seus olhos —, então esse indivíduo capturou para si a energia de ambos. Ele sente uma imediata onda de poder, segurança, autovalorização e até mesmo euforia.
Mas esses sentimentos positivos são conseguidos às custas da outra pessoa, que, dominada, sente-se fora do centro, ansiosa e desprovida de energia42 — todos nós já nos sentimos assim alguma vez. Quando somos forçados a ceder a alguém que nos manipulou até nos confundir, nos tirar do equilíbrio, nos expor, de repente nos sentimos exaustos. E a tendência natural é tentar tomar de volta a energia do nosso dominador, usando em geral de qualquer meio necessário."
A visão celestina- James Redfield


Hoje sou mais verdadeira... me olho e percebo meus movimentos internos... em maior conexão com Deus, com a Fonte, que o mesmo que dizer que estou mais conectada a mim e a quem eu sou... posso escolher com sabedoria!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário