É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

25 de ago de 2010

Amor






25/08/2010
7+8+3=
18= 9


Número do amor incondicional... o 9!!! Tudo o que leio a respeito, nos diz que amor incondicional é fazer tudo pelo outro, estar a total disposição dos necessitados independente do dia que seja da hora que seja...
Mas pergunto a todos nós seria realmente isso amor incondicional?
Quando leio essa descrição imediatamente me reporto as mães...
Abdicam de tudo, passam a praticamente não existir, pois de agora em diante quem existe é o filho, as vontades do filho, o futuro do filho... e se esquecem de que estão vivas também, e só percebem o quanto estão abandonadas o dia em que o filho resolve ir em busca da sua própria vida...
E agora? Como tratar esse estranho que me tornei pra mim mesmo? Consigo ajudar alguém a decidir algo se não pratiquei essa escolha?
Acredito que só posso ser útil a alguém quando sou útil a mim mesmo, que só posso amar alguém quando sentir na pele o que é ser amado por mim, que  não posso escolher pelo outro, mas, relatar ao outro o que aconteceu em minha vida após uma escolha...
Vamos aplicar em nós mesmos a teoria que temos do que seja amar, se nos sentirmos muito bem com isso então sim, podemos nos atrever a dizer que estamos aprendendo a experimentar o amor e seus tão importantes limites!!! 
Graças ao bom Deus, estamos todos encarnados, todos nós temos vida própria, não desperdicemos essa incrível oportunidade de manifestar tudo o que quisermos!!! Vamos participar!!!  Nós podemos!!!

Um comentário:

  1. Olá meninas!!! A energia do dia é justamente essa no meu modo de sentir as energias já recebidas no dia de hoje. impossível amar o outro se você continua invisível a si mesmo. Beijos Cecília.

    ResponderExcluir