É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

30 de jul de 2012

30/07/2012
10+5=
15/6


“ Há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar;  tempo de matar e tempo de curar; tempo de derrubar e tempo de construir.  Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar; tempo de chorar e tempo de dançar;  tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las; tempo de abraçar e tempo de afastar.  Há tempo de procurar e tempo de perder; tempo de economizar e tempo de desperdiçar;  tempo de rasgar e tempo de remendar; tempo de ficar calado e tempo de falar.  Há tempo de amar e tempo de odiar; tempo de guerra e tempo de paz.” (Eclesiastes 3:2-8 NTLH)


Equilíbrio...
Quando pensamos em equilíbrio logo vem a cabeça uma pessoa feliz, harmoniosa e meditando...
Porém equilíbrio é uma coisa dinâmica e as vezes ele está  também no caos...
O universo conspira sempre para dar certo...
Se conseguirmos aceitar as condições que a vida trás, mesmo que não seja a que queremos, conseguiremos perceber o movimento da vida, entramos no fluxo da vida e consequentemente nos equilibramos...
Precisamos de tudo e de todos na vida...
Envolvimento e intensidade em todos os aspectos é o que desejo pra nós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário