É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

18 de jun de 2012

Não honro acordos dos quais não participei...

18/06/2012
9+6+5=
20
2





Jesus viu crianças sendo amamentadas. Ele disse a seus discípulos: "Esses pequeninos que mamam são como aqueles que entram no Reino." Eles lhe disseram: Nós também, como crianças, entraremos no Reino?" Jesus lhes disse: "Quando fizerdes do dois um e quando fizerdes o interior como o exterior, o exterior como o interior, o acima como o embaixo e quando fizerdes do macho e da fêmea uma só coisa, de forma que o macho não seja mais macho nem a fêmea seja mais fêmea, e quando formardes olhos em lugar de um olho, uma mão em lugar de uma mão, um pé em lugar de um pé e uma imagem em lugar de uma imagem, então, entrareis (no Reino).

Evangelho de Tomé

Jesus disse: "Todas as espécies, todas as formações, todas as criaturas estão unidas, elas dependem umas das outras, e se separarão novamente em sua própria origem. Pois a essência da matéria somente se separará de novo em sua própria essência. Quem tem ouvidos para ouvir que ouça".
Evangelho de Maria Madalena

Possibilidades ilimitadas...
A união nos é pedida agora. Transformar a dualidade em unidade...
Não existe certo e errado, não existe espaço e nem tempo...
Hoje quero resgatar minha essência perdida em meio a tantas ilusões...
Quero me tornar como criança e no recinto sagrado de meu coração que meus opostos brinquem como crianças...
Que os opostos possam se unir em mim para que eu possa renascer...
Um novo mundo se anuncia...
Quero ser capaz de dar o salto quântico...
Não honro acordos dos quais não participei...
Chegou a hora de colocar as coisas em seus devidos lugares...
Me responsabilizo...
Posso contar comigo mesma...
Estou pronta pra vida...
Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário