É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

23 de nov de 2010

Plantando com sabedoria!!!

esta imagem veio de http://www.lahuc.com/



23/11/2010
5+11+3
11+8


O que estamos plantando em nossas vidas?
Estamos colhendo o que desejamos?
Tudo no universo é energia... palavras, pensamentos, sentimentos...
Podemos até não ter nenhuma atitude que prejudique ao próximo e até mesmo a nós...
Mas o que irradiamos com nossa energia?
As pessoas a nossa volta ficam como? Tristes, cansadas, irritadas, alegres, expansivas...
Temos que cuidar melhor do nosso lixo e não usá-lo como esterco da nossa plantação...
Escolha o que plantar para saber o que vai colher...
Eu escolho abrir mão do medo e deixar a energia da vida, do amor, do movimento, da alegria e da simplicidade funcionarem... com muita fartura!!!!


Tocando em Frente

Almir Sater

Composição: Almir Sater e Renato Teixeira
Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe,
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nos compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
De ser feliz
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Cada um de nos compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
De ser feliz

Nenhum comentário:

Postar um comentário