É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

25 de ago de 2011

Passos...

25/08/2011
7+8+4=
19/1



Falar em honestidade vai muito além do que imaginamos normalmente... 
Ser honestos conosco, dando o melhor de nós a cada dia...
A partir de hoje vivo no meu melhor...
Deixo de viver no mínimo, no necessário, no indispensável para ser melhor...
Recebi uma informação importante ontem:
Se eu escolho dizer meias verdades... seja para não magoar, para tirar vantagem de uma situação... o que for... não estou sendo honesta... Desta forma, faço mais do que vibrar para o outro que não sou uma pessoa confiável... Digo para mim a todo instante que não sou digna de confiança e o medo se instala...
Estar mais no meu melhor, sair das meias verdades, não significa me tornar uma pessoa estúpida e mal educada... A maneira de me comunicar com sinceridade é escolha minha... e a clareza pode deixar de gerar desconforto para gerar confiança...
Depende dos passos que estamos dispostos a dar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário