É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

4 de jul de 2011

04/07/2011
4+7+4=
11+4


Estou cada vez mais disposta a deixar que o encontro se manifeste... O encontro com tudo aquilo que me deixa feliz...
O encontro com minha essência, com a confiança, com o amor, com o momento presente...
E em conexão com Deus posso permitir que o encontro seja constante...
Ao me encontrar posso encontrar o outro...
Sei que preciso dar os passos, caminhar...
Mas a cada dia esta caminhada passa a ser mais prazerosa...
O encontro afeta o curso de nossa existência, como diz Giovanetti...
E mais, o encontro com as coisas quer as chamemos internas ou externas é mais do que um caminhar lado a lado...
Ao nos encontrar realmente podemos viver a unidade na dualidade... Duas coisas distinintas que por um momento se tornam Um...
E se formos capaz de produzir a sintese... se no momento do encontro formos capazes de executar tal feito o encontro mudaria mais do que o curso de minha vida... me mudaria para sempre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário