É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

10 de set de 2010

Mestre de mim mesmo...






10/09/2010
19+3=
22

Para o dia de hoje temos o número mestre 22, o mestre construtor... o que é um mestre?
Mestre é aquele que consegue por em prática todos os conhecimentos que tem, sabe que o real é somente o Ser, não se confunde com o que Tem e nem com o outro, portanto não tem medo de estar no convívio real com as pessoas pois sabe que o que é, é... ninguém pode lhe tirar isso...  por isso tem a tranquilidade de sentir as experiências que a vida lhe propõe, sabe da ilusão que o cerca...
Consegue ter a fluidez de agir e não apenas reagir... e por suas ações constrói uma manifestação ao seu redor que lhe beneficie neste aspecto... isso não quer dizer que a vida de uma pessoa que consegue esse estágio seja um mar de rosas... pelo contrário, ela cria situações que a ajudem a se desenvolver mais e mais...
Recordemos a história de Jesus Cristo... por seu exemplo ultrapassa todos os limites de tempo, e, dia-a-dia ajuda a humanidade a construir um contexto mais digno... e não foi pela facilidade...
Sei que esse é um exemplo ilustrativo, não estou propondo aqui que viremos Jesus Cristo ou um grande mestre, mas um mestre de mim mesmo... que consigamos abrir um espaço de liberdade interna e que consigamos enxergar que estamos aqui para evolução da nossa alma e o meio que dispomos para isso acontecer é o relacionamento que tenho comigo e com os outros...

Nenhum comentário:

Postar um comentário