É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

23 de set de 2010

Portas




23/09/2010
5+9+3=17
8

Duas realidades opostas, um duplo 4, ou seja,  4+4=8. Mas essas realidades encontram-se unidas. Qual é o espelho que devo integrar a mim mesmo neste dia? O que só consigo enxergar,adimirar, criticar por fora? O que estas situações estão representando pra mim? O que elas espelham?
Estamos em constante tentativa de equilíbrio, esta é a nossa missão na vida. Entramos em conflito, mudamos algo em nós, seguimos para um novo passo, encontramos equilíbrio para o nível em que estávamos vivendo, ou seja,  solucionamos aquele conflito. Mas e aí????????? Como cantava Cazuza: A vida não para, não para não... não para....rsrsr. Entramos em outra situação e novos conflitos surgem e por consequência a necessidade de equilibrá-los novamente. A este processo totalmente dinâmico chamamos: VIDA. O oito é o símbolo do infinito , só que em pé. o que nos mostra que o processo da vida flui infinitamente, de aprendizado a aprendizado. A cada um de nós cabe, reconhecer o processo em que estamos mergulhados, aceitá-lo e assimilá-lo sem grandes resistências, para que ele se realize em nós de maneira natural. Assim passaremos pelas diversas portas a que o caminho conduz...
era uma vez e não era uma vez....
e outras estórias são contadas através de nós e do que manifestamos...
mas esta é outra estória... rsrs....

Nenhum comentário:

Postar um comentário