É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

19 de set de 2010

Vida-Morte-Vida




19/09/2010
1+9+3=
13/4


A medida que aprendemos a respeitar vamos adiquirindo autoridade sobre nossas manisfestações, sobre nós e sobre o que nos cerca (4). É uma via de mão dupla, a medida que o respeito com que lido com tudo o que me cerca cresce, também cresce minha força interior e minha capacidade de administrar o que esta diretamente ligado a minha vida. Quantas vezes nos pegamos reclamando a respeito das coisas que aparentemente escapam da nossa vontade? Tudo o que está na minha manifestação foi manifestado por mim de maneira consciente ou inconsciente. Sei, e como sei... o quato é difícil aceitar isso... Mas também é libertador. Podemos sim ter autoridade sobre nossas manifestações, e é preciso força pra mantê-las como desejamos. Se é que sabemos o que desejamos. Por isso é preciso saber sentir e se entregar ao fluxo da vida, assim não corremos o risco de dar de cara na areia da praia, levados pela correnteza... Rsrs. O caminho mais seguro para todos, é aquele que respeita o fluxo, o movimento...
...a VIDA-MORTE-VIDA (13)....

Nenhum comentário:

Postar um comentário