É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

13 de set de 2010

O Mediador

www.grupocarp.wordpress.com/



13/09/2010
13+9+3=
22+3

Como posso ser aquele que constrói com maestria (22) se não tenho em mim um mediador (3)? Como posso construir algo se nego a contraparte deste mesmo algo?
O bonito já pressupõe a feiura. Quando digo que determinada coisa é má, é porque tenho em mim a idéia do que é bom. Contudo não são esses apenas conceitos totalmente subjetivos e determinados pelo olhar de quem os olha? Digo de quem olha simplesmente porque podemos olhar sem ver. Muitas vezes olhamos para dentro de nós mesmo, mas  será que verdadeiramente vemos alguma coisa?
Seremos capazes de ter um mediador dentro de nós quando formos capazes de nos amar, com o que chamo de bom e o chamo de mal. Integrar tudo em nós, nossa cura está em assimilarmos tudo o que poderia nos envenenar transformando em coisas não noscivas. Esse é o primeiro passo.
Hoje vamos dizer a nós mesmos: SOU DIGNO DO MEU AMOR!!!!!
Quem sabe assim, poderemos construir nossas vidas com maestria, criatividade, para além da separatividade. Que o mediador nasça em nós nesse dia!!!!!!!!!!!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário