É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

12 de set de 2010

Para pensar e sentir...







12/09/2010
21+3=
6


Li este poema de uma moça desconhecida chamada Michelle, que se matou em 1967, com apenas 20 anos, mexeu muito comigo e se encaixa perfeitamente no 6 de hoje...

"Minha felicidade sou eu, não você.
Não só porque você pode ser temporário,
Mas também porque você quer que eu seja o que não sou.

Não posso ser feliz quando mudo
Só para satisfazer o seu egoísmo.
Nem posso me sentir contente quando você me critica por
não ter os seus pensamentos,
Ou por ver como você vê.
Você me chama de rebelde.
No entanto, cada vez que rejeitei as suas crenças
Você se rebelou contra as minhas.
Não procuro moldar a sua mente.
Sei que você está se esforçando muito para ser só você.
E não posso permitir que me diga o que ser...
pois estou-me concentrando em ser eu.

Você disse que eu era transparente
E fácil de esquecer.
Mas então por que tentou usar a minha vida,
Para provar a si mesmo o que você é?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário