É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

20 de out de 2010

As trombetas estão tocando

esta imagem veio de http://www.jesus-crist.com/






20/10/2010
20+10+3=
6

No 6  fazemos uma escolha, e não sabemos bem o que vai acontecer, nem temos que saber....
O importante é se colocar naquele espaço onde tudo é possível, não é um lugar que o raciocínio esteja presente, você é como que guiado.
Não é a toa que Jesus ressuscitou Lázaro, você já parou para pensar quantos zumbis existem por aí esperando para serem ressuscitados?
Mas tudo isso depende de uma postura interna, o ser como Jesus, afinal é essa forma de viver que traz de volta a vida.
Ser como Jesus é estar vivo.
E como podemos ser como Jesus?
Ele foi um super contestador de sua época... via além de toda e qualquer aparência... amava incondicionalmente...sem preconceitos...tinha confiança inabalável...olhava o melhor de tudo...coisas básicas... isso só para citar algumas... rsrsr. É um exemplo.
Só que sentamos e esperamos que Jesus venha e faça por nós... esperamos um passe de mágica...
Acredito que ele foi o primeiro que conseguiu... assim como o herói do mito, sua saga pode nos ajudar, acredito que ele me ajuda a todo instante..
Mas acredito que somos tão filhos da Fonte, de Deus, chamem como quiser, como Jesus.
Somos co-criadores.
Quando eu me coloco em conexão com Deus, somos UM literalmente, então fazemos juntos, ao mesmo tempo, no mesmo minuto.
Não são ações separadas pela dualidade, é uma mesma ação que acontece em outro nível de consciência. Por isso é uma escolha tão poderosa que pode mudar qualquer coisa: relacionamentos, vida financeira, o DNA, hábitos....  
Então é certo dizer que quando eu me coloco no lugar da conexão, eu e Jesus, operamos o milagre em minha vida, fazemos juntos, ao mesmo tempo, porque neste lugar somos um só.
Nem mesmo importa se você sabe quem é Jesus, se está conectado tem acesso ao que ele sabe, aonde ele chegou e pode mudar sua vida.
Isso não é algo que passa pelo raciocínio.
Quando faço a escolha 6, não sei como vou chegar ao 10 (final do ciclo- A roda da fortuna no tarot)  e depois dar o salto quântico e transcender 11, nem sei como vou ressuscitar no 20.
Mas isso não importa, não tenho que saber racionalmente, tenho que saber me soltar no fluxo da vida, só isso, e ir escolhendo na minha manifestação.
Também somos filhos legítimos de Deus, Deus encarnado, manifestado, somos parte Dele.
O problema é que pensamos que Jesus conseguiu porque era especial, ele podia e a verdadeira mensagem fica escondida.
Sou imensamente grata a ele, ele abriu a possibilidade, ele mostrou que é possível e ressuscitou, de corpo e espírito.
Podemos vencer a morte/estagnação podemos renascer.
Nós também podemos.... podemos renascer como Lázaro... 
Quantas encarnações eu vou precisar, não sei, mas quero me unir a Fonte.
E o arcano 20 do tarot, O Julgamento, fala da descida da Luz espiritual como resposta do Alto... resposta ao trabalho interior de cada um de nós.
Mas esperamos que Jesus literalmente desça do céu, rodeado de anjos para ressuscitar os mortos.
Ele já está fazendo issooooooo.
Ele está trazendo vida para cada um de nós.
Estamos sendo inundados de luz.
Já estamos no fim dos tempos.
Mas é apenas o fim de um ciclo.
Estamos dando um salto de consciência com o planeta.
As trombetas já estão tocando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário