É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

27 de out de 2010

Para além do medo




27/10/2010
9+1+3=
13/4

O medo realmente nos prende, assim como fala a música de Lenine, não tem solução, se correr o biccho pega e se ficar o bicho come. Rsrs, o que precisamos fazer para transcender o medo e ter poder de manifestação? Simples... rsrs... precisamos nos conectar. Como nos conectar? Aí é outro papo...rsrs..
A conexão me leva para além dos pares de opostos...
A conexão é ao mesmo tempo pés no chão e voar...
é olhar o mundo com os olhos de uma criança...
é ter sede por novas descobertas...
é sentir o pulsar da vida...
Se voc~e consegue se soltar no movimento, qualquer coisa pode conectar você a este estado de consciência... ler estas palavras, sentir o sol na pele... respirar a brisa... dar um mergulho... comer uma fruta...
Mas quando alcançamos este estado é maravilhoso... o sol não é mais o mesmo sol que vejo nascer todos os dias, é um espetáculo...
a brisa envolve todo o nosso ser...
ao mergulhar somos água...
o sabor da fruta é indescritível!!!!!
Pena que ainda não consigo por muito tempo. Mas acredito que da mesma forma que me habituei a estar no medo, posso me habituar a estar em conexão. O medo é estar imerso na ilusão, a conexão é estar livre para manifestar e ter autoridade (4) sobre o que foi manifestado. Asssim como o imperador da carta do tarot, poderemos finalmente usufriur a  nossa manifestação. Teremos todos os elementos para isso... e depois? Quando cansarmos do trono? É só seguir em frente... muitos passos estão por vir... muito temos a descobrir...
Existe vida após o medo... rsrsr


Miedo

Lenine

Composição: Pedro Guerra/Lenine/Robney Assis


Tienen miedo del amor y no saber amar
Tienen miedo de la sombra y miedo de la luz
Tienen miedo de pedir y miedo de callar
Miedo que da miedo del miedo que da
Tienen miedo de subir y miedo de bajar
Tienen miedo de la noche y miedo del azul
Tienen miedo de escupir y miedo de aguantar
Miedo que da miedo del miedo que da
El miedo es una sombra que el temor no esquiva
El miedo es una trampa que atrapó al amor
El miedo es la palanca que apagó la vida
El miedo es una grieta que agrandó el dolor
Tenho medo de gente e de solidão
Tenho medo da vida e medo de morrer
Tenho medo de ficar e medo de escapulir
Medo que dá medo do medo que dá
Tenho medo de acender e medo de apagar
Tenho medo de esperar e medo de partir
Tenho medo de correr e medo de cair
Medo que dá medo do medo que dá
O medo é uma linha que separa o mundo
O medo é uma casa aonde ninguém vai
O medo é como um laço que se aperta em nós
O medo é uma força que não me deixa andar
Tienen miedo de reir y miedo de llorar
Tienen miedo de encontrarse y miedo de no ser
Tienen miedo de decir y miedo de escuchar
Miedo que da miedo del miedo que da
Tenho medo de parar e medo de avançar
Tenho medo de amarrar e medo de quebrar
Tenho medo de exigir e medo de deixar
Medo que dá medo do medo que dá
O medo é uma sombra que o temor não desvia
O medo é uma armadilha que pegou o amor
O medo é uma chave, que apagou a vida
O medo é uma brecha que fez crescer a dor
El miedo es una raya que separa el mundo
El miedo es una casa donde nadie va
El miedo es como un lazo que se apierta en nudo
El miedo es una fuerza que me impide andar
Medo de olhar no fundo
Medo de dobrar a esquina
Medo de ficar no escuro
De passar em branco, de cruzar a linha
Medo de se achar sozinho
De perder a rédea, a pose e o prumo
Medo de pedir arrego, medo de vagar sem rumo
Medo estampado na cara ou escondido no porão
O medo circulando nas veias
Ou em rota de colisão
O medo é do Deus ou do demo
É ordem ou é confusão
O medo é medonho, o medo domina
O medo é a medida da indecisão
Medo de fechar a cara
Medo de encarar
Medo de calar a boca
Medo de escutar
Medo de passar a perna
Medo de cair
Medo de fazer de conta
Medo de dormir
Medo de se arrepender
Medo de deixar por fazer
Medo de se amargurar pelo que não se fez
Medo de perder a vez
Medo de fugir da raia na hora H
Medo de morrer na praia depois de beber o mar
Medo... que dá medo do medo que dá
Medo... que dá medo do medo que dá

Nenhum comentário:

Postar um comentário