É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

25 de out de 2010

Vamos conseguir!!!


25/10/2010
7+1+3=
11


Este tem sido um número recorrente em minha vida atualmente, e tem feito eu vivenciar seu significado em diversas áreas da minha vida em seu sentido mais profundo. No tarot ele representa a crta da Força. O que seria essa força?
"Quando o princípio espiritual é a base da existência do ser humano, sua força pisíquica torna-se inesgotável, pois sua fonte é infinita." GO Mebes. O ideal comum, se transforma a coletividade em uma nova unidade, uma unidade que transcende a unidade formada pelo 10. Essa coletividade empenhada em realizar um objetivo comum forma uma Egrégora, e cada uma delas possui sua própria cor e tonalidade.
Hoje é um bom dia para descobrir qual é o ideal que tenho em minha vida e com quem tenho me associado para realizálo.
Tenho tido ideais de alegria, ou gasto todo o meu dia em mei a tormentas?
Tenho tido ideais de companherismo ou me perco em competições?
Tenho tido ideais de responsabilidade pelo que manifesto ou me perco em projeções?
O processo de interiorização (7), faz com que eu me depare com a unidade de todas as coisa (1) e encontre a manifestação da criatividade, ou o princípio espiritual (3) em minha vida. Somando interiorização (7), unidade (1) e princípio espiritual (3), posso aprender a me relacionar comigo e com os que me cercam em outro nível (11). No 11 realmente não somos sozinhos, EU SOU NÓS. O estar a parte é uma ilusão, ainda estou perdido nela? Acredito que estamos caminhando rumo a manifestação de verdadeiros relacionamentos, mais profundos, de companherismo, descobrindo o verdadeiro sentido de família. Agora é só ter a força interior para juntos podermos manifestar. Afinal, nossa colaboração é essencial. Vamos fazer a parte que nos cabe no processo. Juntos vamos conseguir!!!!

Caçador de Mim
Composição: Luís Carlos Sá e Sérgio Magrão

Por tanto amor
Por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz
Manso ou feroz
Eu caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar
Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim
Nada a temer senão o correr da luta
Nada a fazer senão esquecer o medo
Abrir o peito a força, numa procura
Fugir às armadilhas da mata escura
Longe se vai
Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir
O que me faz sentir
Eu, caçador de mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário