É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

19 de abr de 2012

Mundo Novo...

19/04/2012
10+4+5=
19
1





A vida, uma experiência a ser desfrutada, diz Sallie Nichols em Jung e o Tarô. 
Na carta da Lua, entramos em contato com nosso "filho" interior. Na carta do Sol os opostos, antes apresentados como bestas a serem temidas, podem aparecer neste recinto sagrado como crianças nuas... Não há mais nada a ser escondido...
Hoje quero estar em harmonia comigo mesma...
Quero me relacionar com minha criança interna mais conscientemente...
Quero deixar que os opostos em mim brinquem criativamente... 
Como crianças...
Desta forma um novo mundo pode ser criado...
Um mundo onde exista espaço para o feminino e o masculino...
Um mundo em que a natureza seja respeitada, para que a nossa natureza interna possa ser respeitada também...
Na carta do Sol, nossos impulsos gêmeos interagem diretamente, sem a intervenção de outra figura... O masculino e o feminino são gêmeos, foram criados no mesmo instante, nasceram juntos... Não existe um melhor e o outro pior... 
O mago no Arcano 1, só vislumbrava a existência do masculino, por isso todo o seu potencial era estéril... Ao chegar ao Sol pode se unir ao feminino em segurança, se sentir como criança para junto do feminino literalmente fazer nascer o Mundo Novo...
O Sol nasce para todos... Contudo, o mesmo sol que ilumina pode nos deixar cegos... Por isto o feminino e o masculino precisam estar unidos...
Aprender a ser quem sou e me relacionar: Eu quero isso!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário