É o grande problema interior, aquele de cada um e de todos. É o problema da alma, que descobre em si mesma um abismo de trevas e de luz, que se contempla com uma mistura de encantamento e de pavor e se diz: "Eu não sou deste mundo, pois ele não é suficiente para me explicar".
Os grandes Iniciados- Édouard Schuré

1 de dez de 2010

Escolhas...

esta imagem veio de http://www.web.prover.com.br/



01/12/2010
1+3+3=
7


O 7 é um número místico por excelência, indica o processo de passagem do conhecido ao desconhecido; ele detém uma clara relevância, não apenas entre os ocultistas, porém, também em todas as religiões,das mais antigas às mais modernas.
Representa a elevação do homem sobre sua base terrestre para lançar um olhar ao desconhecido em sua busca espiritual. Nos fala da profundidade interior que o ser humano necessita para aprofundar-se nos mistérios da alma e em sua própria vinculação ao universo.

A realização deste número, representará o homem que uniu o Mundo Divino com o Mundo Humano.

 Daí a montanha ser o palco da realização espiritual de vários seres que vieram à terra cumprir esta missão, que como eremitas, Manus, Avataras, caminhantes, peregrinos, mostraram possuir a luz do conhecimento e da sabedoria das idades: "Senhores de si mesmo e de seu próprio destino".
Platão dizia: No sétimo dia foi criada a "alma do mundo": (Adam Kadmon)

Portanto neste dia 7 pergunto estamos conectados a alma do mundo?
Estamos conectados a nossa própria alma?
Ou estamos simplesmente agindo como robôs?
Eu desejo profundamente me conectar a minha alma e a alma do mundo...
Isso é se, elas forem coisas diferentes...
Desejo ter escolhas... mereço fazê-las...
Escolho ser a luz que sou...
Escolho simplesmente deixá-la brilhar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário